Conheça o anime Sega Hard Girls, uma paródia aprovada pela Sega


Nesta semana de E3 temos a oportunidade de ver o que as grandes desenvolvedoras do mundo dos games irão lançar para os próximos meses (ou anos). Entre as muitas desenvolvedoras do evento, a Sega não possui a mesma grandiosidade que tinha antigamente quando era a grande rival da Nintendo e isso sempre gera muitas piadas entre os gamers nas redes sócias. Imagine a empresa japonesa pegar algumas destas piadas e assim criar uma paródia aonde ela mistura humor e muitas reverencias de seus jogos antigos e novos, é desta forma que surgiu Sega Hard Girls.

Lançado em 2014 a partir da parceria entre a distribuidora Dengeki Bunko, a Sega e com animação do estúdio TMS Entertainment (Sonic X), o anime imagina três consoles da Sega como estudantes com personalidades distintas, visual único e que devem se formar na Sehagaga Academy. A serie é protagonizada pela animada e atrapalhada Dreamcast, a otimista Saturn e a séria Mega Drive.

Para conseguir se formar na Sehagaga Academy as três personagens devem cumprir pequenas atividades por diversos jogos antigos dos consoles (como Final Fight) e por games dos árcades e mobile desenvolvidos nos últimos anos pela Sega. Durante a serie passamos a conhecemos um pouco da personalidade das protagonistas envolto de piadas sobre as caracterizas que os consoles tinham, como Dreamcast conseguir acessar a internet discada via modem dial-up ou Mega Drive não conseguir dançar devido o seu processador ser inferior a de suas colegas.

Em um dos episódios temos menção a outros consoles da Sega e suas características, foi o caso da Game Gear ser uma garota que se cansa com facilidade e da Master System ter talento para musica e ser famosa no Brasil. O anime também serve para revelar que a Sega ainda possui potencia no mercado japonês dos games de árcades e jogos mobile, com jogos como Border Break e Chain Chronicle (que ganhou um anime recentemente).

Diferente dos animes tradicionais, Sega Hard Girls foi produzido pela TMS Entertainment com o programa de animação MikuMikuDance (o mesmo programa de onde foi criada a famosa personagem Hatsune Miku), os cenários e todos os personagens que aparecem no anime (com exceção das cenas de alguns games) são moldados em 3D e alguns personagens possuem CG. Devido este anime ser uma parodia, este tipo de animação funciona com muitas das piadas visuais que existem no anime, também e utilizado durante a serie a trilha de diversos jogos da Sega.

Se neste feriado prolongado você esta afim de uma boa paródia baseada em vídeo games e com episódios curtos (são 13 episódios de no máximo 13 minutos cada), Sega Hard Girls pode ser o anime certo, principalmente por trazer um lado que a Sega soube abraçar recentemente ao mostrar um lado cômico da empresa e de seus jogos (vide o canal oficial do Sonic no Youtube).
Patreon de O Vértice