Veja o que achamos da nova edição do Up!ABC


A cidade de Santo André/SP teve neste ultimo final de semana a realização do tradicional Up!ABC e, pela segunda vez, O Vértice teve a oportunidade de cobrir o evento organizado pela Across Entertainment. Esta edição do tradicional evento da região do ABCD foi realizada no mesmo local da edição anterior e contou com algumas adições que foram bem vindas, mas ainda assim o evento teve pequenos problemas.

Nesta edição o evento contou novamente com um amplo espaço de uma universidade e com uma estrutura equiparável com outros grandes eventos do nicho. As tendas de venda de produtos e alimentos estavam em áreas próprias no estacionamento coberto do local e as muitas salas temáticas estavam por varias das salas de aula da universidade.

Mas o Up!ABC acabou tendo uma falha estrutural ao não colocar placas para indicar o local dos três palcos do evento, sendo que o palco Cosplay ficava dentro da área interna da universidade e os palcos Teatro Up! (que ficou um pouco escondido) e Music ficavam na parte externa.

Além dos cosplayers e das atividades feitas por cada fandom em sua sala temática, o evento contou com a participação do dublador Caio Guanabara (Kouga de Pégaso em Os Cavaleiros do Zodíaco: Ômega), do ator e roteirista Felipe Folgos e diversas bandas animaram o publico durante os dois dias no palco Music. O publico também pode participar de varias gincanas nos palcos Cosplay e Teatro Up!, aonde os vencedores das gincanas poderiam ganhar alguns prêmios.

Não tive a oportunidade de acompanhar muito das as atividades dos palcos Teatro Up! e Music, mas alguns dos concursos realizados no palco Cosplay só foram ofuscados pelos atrasos ou grandes furos que ocorreram na programação. Inicialmente os apresentadores conseguiram contornar a situação com um quiz com o publico, mas a brincadeira de perguntas e respostas acabou se tornando muito extensa e não prendia mais o publico da mesma forma.

Comparando sua edição anterior com o evento recente, o Up!ABC consegue preservar os pontos fortes em estrutura, mas errou ao não adicionar placas para indicar o local dos três palcos do evento. Nesta edição tivemos mais atrações em relação a evento anterior, mas os atrasos e furos na programação faz com que o evento fique mau falado entre o publico externo.

Patreon de O Vértice