Playstation VR, Kojima, God of War e tudo que a Sony anunciou na #E32016


A conferência da Sony foi bem mais empolgante que a da Microsoft, embora talvez tenha sido menos sólida. Mas o espetáculo começou com uma bela orquestra com as músicas do novo God of War... sim, teremos novo God of War com direito a Kratos lutando contra deuses nórdicos. Veja o trailer AQUI.

O restante da conferencia se focou apenas em mostrar trailers e mais trailers de jogos, desde a revelação de Resident Evil 7, mais um vídeo de The Last Guardian, que parece cada vez menos impressionante, mas que finalmente vai ser lançado esse ano, dia 25 de outubro.

Algumas surpresas também foram feitas como a Insominiac lançando um jogo aparentemente exclusivo do Homem Aranha para o Playstation 4. Não há informações extras sobre o projeto, mas depois de Sunset Overdrive foi surpreendente ver um estúdio que fez um exclusivo de lançamento para a Microsoft fazer um exclusivo para a Sony logo depois, e nesse caso a Sony parece que levou a melhor, porque afinal, é Homem Aranha.

Kojima também fez uma aparição com seu novo jogo, cujo vídeo começou com um poema de William Blake que me fez imediatamente pensar em Penny Dreadful. Mas o que veio em seguida grita a bizarrice de Kojima em cada detalhe, com o nosso querido Daryl de The Walking Dead (Norman Reedus) jogado nu em uma praia suja de óleo, aparentemente após parir (!) um bebe robô invisível e ver coisas voando no céu... extremamente Kojimesco.



Crash Bandicoot também está de volta, a Sony conseguiu fazer uma impensável parceria com a Activision para remasterizar os primeiros games da franquia para o Playstation 4. Além disso o nosso... cachorro (?) favorito vai fazer um ponta no próximo Skylanders Imaginators que vai ser lançado em outubro.

Agora com tantos jogos e tantos trailers na conferencia, especialmente jogos que nós já tínhamos visto dezenas de vezes antes, é muito estranho não vermos nada, absolutamente nada de No Man's Sky, nem mesmo um trecho de poucos segundos na montagem inicial da conferencia.

O único foco da conferencia da Sony no Playstation 4 em si (e não em jogos) foi a apresentação do seu Playstation VR. Que será lançado ainda esse ano para o Playstation 4 atual (apesar do que um produtor disse sobre o VR ser horrível no PS4 AQUI), no dia 13 de outubro por 399 dólares, o que não é um preço muito acessível para um periférico.

A Sony prometeu 50 jogos para Playstation VR a partir de 13 de outubro até o final do ano, todos disponíveis para VR. Dentre os que estarão disponíveis esse ano ou não, podemos destacar Final Fantasy 15 e Star Wars: Battlefront. Não serão os games inteiro em VR, no caso de Battlefront será uma missão no espaço com uma X-Wing. No caso de Final Fantasy 15 é difícil compreender o que a experiência vai ser.

O mais intrigante do Playstation VR, contudo, é a promessa de Batman: Arkham VR, um jogo que está sendo desenvolvido pela Rocksteady para o periférico da Sony. Não fazemos ideia do que será isso, mas sendo desenvolvido pela Rocksteady, certamente isso não será um minigame mal feito como boa parte dos jogos VR produzidos e anunciados atualmente são.


Patreon de O Vértice