Crítica | The Originals 2x21 - Fire With Fire


“Here and now, begins the time of the Witches”



Tempestades, novas maldições, punição para os irmãos. Sangue escorre novamente pelas ruas de New Orleans, e nesta hora nos encontramos para comentar os últimos acontecimentos de The Originals.


É um fato que a série nos prometeu um grande confronto para a Season Finale, e “Fire With Fire” nos deu uma amostra do que veremos no próximo episódio, e eu tenho que dizer, embora eu soubesse que a fúria de Klaus iria recair sobre todos, não esperava aquele pequeno e extremamente surpreendente cliffhanger que encerrou o episódio.


“Fire With Fire” também é um daqueles episódios em que é muito fácil odiar Klaus – eu faria tudo exatamente da mesma maneira, traição merece retribuição brutal – da mesma forma que fazíamos em The Vampire Diaries, sem entretanto, deixar de nos apresentar o lado emocional/paterno do personagem que foi construído nesta temporada. Ele é, apesar de tudo, um pai. Mesmo que os fins nem sempre justifiquem os meios, ele está fazendo aquilo que ele acredita certo.


O episódio trouxe vários elementos muito bons, e embora eu vá apontar todos eles, quero começar com algo que pode parecer “menor”, mas sempre chama a minha atenção: a vida noturna de New Orleans. A cidade em si é um paraíso cultural, e por causa da densidade das tramas, muitas vezes temos episódios inteiros sem que haja se quer um vislumbre disso. Mostrar o jazz, as ruas, as pessoas comuns – mesmo que seja para elencar o cardápio do lanchinho de Klaus – é importante, porque aprofunda um pouco a verossimilhança da história, o que é difícil, considerando todo o misticismo envolvido na história como um todo.


Tenho que ser honesto: eu achei que o plano de Freya daria certo. Sempre. Parecia plausível. Mas mostrar que, mesmo que Klaus tivesse concordado não daria certo só aumentou o efeito das ações dele. Também tenho que admitir que eu gostei MUITO da “punição” que Dahlia aplicou em Freya. Não só a personagem já tinha rendido o suficiente, foi muito bom ver ela se dar mal.


Os shipps da série nos fizeram sofrer muito neste episódio. A morte de Gia foi um golpe forte, não só porque ela e Elijah faziam um bom par, mas porque é prova de Klaus – mesmo que haja a desculpa de ganhar a confiança da Tia Dahlia – aproveitou a oportunidade para lembrar aos irmãos as razões para não ser a escolha certa traí-lo.


Depois, temos Marcel e Rebekah – que eu espero que volte a sua melhor versão, a.k.a. Claire Holt – numa situação impossível, em que ela prefere tirar a sua vida para não ficar impotente na situação, e ao mesmo tempo para impedir que o peso de “matá-la” tivesse que recair sobre seu amado.


E que como se isso não bastasse, temos Cami e Klaus, com seu “I trust you” emprestado de Twilight, que mesmo assim foi emocionante. Espero profundamente que esses dois se acertem na próxima temporada.


Ah, mas não para por aí! Davina simplesmente roubou a cena! Finalmente ela deixou de estar de lado e tomou o poder para si. O discurso dela para os representantes dos Clãs foi um lembrete da força que a personagem tem, algo que já tínhamos visto na primeira temporada e parecia perdido até agora. Com ela como Regente, me pergunto quanto tempo de paz Klaus terá.


Para terminar, talvez eu seja uma pessoa terrível, mas a verdade é que eu ADOREI p castigo de Klaus para Hayley e seu bando. Afinal, embora tudo tenha sido parte do plano de Klaus, ele também acrescentou a vingança dele ao processo, e garantiu que os irmãos e ela pagassem pelo que fizeram. Já não suportava Jackson e ela, e se ficar presos na forma de lobo por todo o tempo, exceto na lua cheia, é o preço para que não tenhamos que os ver mais, não vou me incomodar... e vocês?


Enfim, é isso. Espero todos vocês na Season Finale, para descobrirmos e comentarmos juntos qual é o plano de Klaus para livrar-se da tia, garantir a segurança da filha e reafirmar sua soberania, tudo de uma vez só. É claro que outras coisas também têm que ser resolvidas. Os Mikaelson serão capazes de trabalhar juntos depois disso? De se perdoar? Davina já conseguirá trazer Kol de volta agora, ou teremos que esperar até a próxima temporada?


Teremos que esperar mais alguns dias para responder essas e outras perguntas, então, por hora, au revoir!

Patreon de O Vértice