Crítica | The Last Man On Earth 1x13 - Screw the Moon - [Season Finale]


"Carol, simplesmente a melhor pessoa no mundo."



Sim, o dia finalmente chegou. Nos despedimos de The Last Man On Earth em 2015. Como a segunda temporada está programada para 2016, teremos algum tempo para decidir se a série continuará em nossas grades.


“Screw the Moon” foi, depois do piloto, o melhor episódio da série. Embora algumas coisas tenham ficado um tanto sem explicação, a Season Finale foi muito boa, mesmo não tendo compensado completamente o desastre que foi a temporada.


Quero começar por Melissa e Todd. Confesso que talvez a minha opinião sobre January Jones causada pela atuação dela em Mad Men pode ter afetado a maneira com que vi a cena em que ela procura Todd dizendo estar preocupada com ele. Como personagem, Melissa foi – minha opinião – DESTESTÁVEL durante toda a temporada. E talvez essa seja a maneira com que a série tenta reparar a imagem dela, mas acho que é preciso bem mais que isso, embora tenha sim sido uma cena legal. Talvez por causa de Todd, já que literalmente todas as cenas boas com Melissa foram geradas, ocorreram como resultado ou foram motivadas por ele. Até mesmo o “I love you” partiu dele.


Outra coisa que não pode passar sem ser dita é o quanto o tom do novo Phil no “Pick up my lamp” foi ridículo. Eu até entendo que existe uma tensão na situação, mas se acontecesse comigo – e olhe que eu me oponho à violência física como princípio para existir em sociedade – não ficaria por isso mesmo. Eu não teria se quer considerado a possibilidade de me mudar. Nenhum deles estaria em Tucson se Phil não tivesse feito os cartazes. Nenhum deles! Eles pertencem menos ao cul-de-sac e a Tucson do que Phil, independente dos erros que ele tenha cometido.


Ah, é claro que não é dada a ele a opção de ficar ou não, já que, num surto previsível, mas inesperado, o Phil 2, da maneira mais agressiva possível, segue a ideia do Phil original e o abandona para morrer no deserto.


Mas, talvez com a sequência que tenha genuinamente tentado redimir a temporada e a série, Carol simplesmente conseguiu se provar a melhor pessoa na terra. Acho que todos nós queríamos que ela fizesse o que fez e fosse procurar Phil. A declaração dela sobre acreditar que eles deviam ficar juntos foi LINDA. E acho que quase todos concordam que, embora o mistério do irmão de Phil seja um tanto intrigante, todo o paralelo sobre como os irmãos acabaram sendo os últimos homens em seus respectivos espaços, a série deveria ter terminado com Carol e Phil dirigindo em direção ao pôr do sol.


Enfim, é isso. Não sei se na próxima temporada os que ficaram no cul-de-sac serão simplesmente descartados, embora eu queira saber o que Carol disse antes de partir. Mais ainda, por qual motivo eles não tentaram impedir Phil 2. Talvez tenhamos algum vislumbre do que aconteceu com eles, já que eu particularmente não dormiria tranquilo sendo vizinho dele. Mas, por hora, deixo o meu au revoir para vocês. Para quem lê outros dos meus textos, nos vemos em breve. Para quem não... até a próxima temporada!

Patreon de O Vértice