Os 5 melhores Easter-Eggs de Better Call Saul

Better Call Saul acabou ontem e dividiu opiniões, muita gente achando que ele é subestimado e muita gente achando que é superestimado, seja lá o que nós achamos uma coisa é certa, a série agora é uma série que faz parte integral de Breaking Bad e isso está não só na parte mais óbvia, que é a história de origem de um personagem da série, mas também no mesmo mundo cheio de detalhes onde as duas séries se passam.

Muitos desses detalhes de ambos os mundos estão nos Easter-Eggs de Better Call Saul, a série na verdade chega a beirar o fanservice em alguns momentos com tantos Easter-Eggs, alguns mais óbvios como o anel que Saul usa em Breaking Bad e que faz parte da trama do último episódio e outros do tipo, mas nós resolvemos separar aqui 5 easter-eggs um pouco mais difíceis de pegar se você não prestou tanta atenção assim na série, ou se você não lembra bem os detalhes de Breaking Bad.

Então, vamos a lista:
-

Easter-eggs de Better Call Saul

JPI. Se você reparar esse grafite na imagem abaixo, ele aparece algumas vezes em Breaking Bad, especialmente nos episódios iniciais da série, obviamente eu não sou especialista em grafite, mas eu sei que muitas vezes se trata apenas de uma assinatura e nesse caso, JPI significa nada menos que Jesse Pinkman... BITCH!

Como as duas séries se passam no mesmo lugar, mas em tempos diferentes, é bem possível que essa pichação feita no telefone onde Saul Jimmy está ligando tenha sido feita por um Jesse Pinkman adolescente, provavelmente enquanto matava as aulas de química de seu professor, Walter White.


Em uma das missões para Gus em que Mike leva Jess Pinkman como ajudante, um dos episódios que mostra os dois criando um laço em Breaking Bad, Mike oferece para Jesse um sanduíche de Pimento, que é uma espécie de queijo, Jesse por sua vez parece não se impressionar muito pela iguaria.

Contudo, um dos episódios de Better Call Saul, como vocês devem ter visto também se chama Pimento e o queijo também acaba sendo protagonista de um momento importante no episódio, justamente com Mike, que parece ser fã desses sanduíches há bastante tempo.

Vale mencionar que nesse episódio se você achou que o cara em que Mike bateu e o cara que vende remédio contrabandeado são familiares, talvez você tenha jogado GTA V, já que eles são os atores que fizeram a captura de movimento para Trevor e Lester e por acaso os personagens foram baseados em suas aparências.



Sabe por que o lar dos velhinhos onde Saul/Jimmy arruma seus maiores “casos” lhe parece familiar? Bem, porque ele já foi protagonista de uma das cenas mais emblemáticas de Breaking Bad, que envolve Hector Salamanca, Gus Fring e uma sineta. (ding, ding, ding)

Vince Gilligan como sempre vai longe em seu planejamento e o asilo Sandpiper, que é de vital importância para a trama da série de Saul Goodman, é o mesmo que teve uma enorme importância em determinado momento da quarta temporada da série original.

Será que veremos Hector por lá em algum momento? Será que alguém pode explodir o Chuck lá na segunda temporada?


-
Em determinado momento em Breaking Bad, Saul sugere para Walter que mande Hank para Belize, e Walter responde que mandaria ele para Belize. Apesar de ninguém saber bem o que era Belize na época ficou claro que aquilo era algum tipo de código para assassinato.

Obviamente o governo de Belize... sim, Belize é um país da América Central, não gostou nada de ver uma das séries mais famosas do mundo relacionando o seu país praticamente desconhecido e escondido no Atlas com o assassinato clandestino.

Talvez como uma forma de se desculpar, no último episódio da primeira temporada de Better Call Saul, Saul Goodman enquanto cantava os números do bingo no Sandpiper falou “B de Belize, um lindo lugar... pelo que eu ouvi”.


-
Agora o easter-egg que me fez cair na gargalhada também se deu no último episódio da primeira temporada, especialmente porque foi relacionado a outra coisa que me fez gargalhar em Breaking Bad. Que foi quando Saul contou para Walter White que uma vez convenceu uma mulher de que ele era o Kevin Costner.

E qual não é a minha surpresa ao ver o caso que Saul contou para Walter sendo mostrado em tela, no meio de uma montagem para exemplificar uma semana em que Saul aplicou dezenas de golpes em Chicago.

Além dessa pequena pérola a série ainda faz nesse episódio um pouco antes um comentário que parece ser uma leve menção a outra série famosa atual, que é The Good Wife, quando eles começam a falar o quão bem os advogados de Chicago ganham.


Algum outro easter-egg legal que você achou e não está na nossa lista? Deixe nos comentários!
Patreon de O Vértice