Crítica | Lip Sync Battle 1x02 – Common vs. John Legend

Tivemos um segundo episódio melhor em certos pontos, mas pior em outros. Achei que nesse conseguiram inserir melhor a Chrissy, ou ela se sentiu mais a vontade porque era o marido dela que estava se apresentando... Enfim, gostei mais da participação dela neste episódio do que no outro. Ela zoando o Legend foi um dos pontos altos desse episódio.




"I’m so sorry, you pay my bills, I’m so sorry."



E assim começamos a saber coisas sobre o casamento deles que não tínhamos necessidade de saber. Ela dizendo que tentava brigar com ele e ele não cedia e os comentários sobre a apresentação de "Slow Motion": não sei bem qual foi pior. Não me entendam mal, não vejo problema nenhum nela ser bancada pelo marido, até porque ela não é simplesmente uma dona de casa (e se fosse também, não tenho nada a ver com isso), mas não consigo ver qual seria o ponto positivo em falar isso na televisão. Ainda assim, se ela é feliz com isso e consegue brincar e levar na esportiva, bom para ela. O problema é que eu já vi muita gente julgando e chamando ela de esposa troféu por aí, coisa que poderia ter sido evitada se ela tivesse mantido essa frase na cabeça. AINDA ASSIM, achei que ela estava muito melhor nesse episódio do que no primeiro, realmente comentando as coisas e adicionando um pouco de humor quando cabia. Acho que ela se perdeu um pouco ali na diversão e falou um pouco demais sem perceber, mas quem nunca?


Common começou cantando Jackson 5, o que foi muito bom, e depois veio com Lionel Richie, soltando até alguns passinhos de dança. E tudo isso usando uma peruca absurdamente hilária! Não preciso dizer que achei a apresentação dele realmente melhor que a do Legend e, por isso, achei certo ele ter ganhado o desafio e levado o cinturão para casa. Só achei que ele errou um pouco na sincronia do playback, mas isso só serve para mostrar que ele deve cantar ao vivo... HAHAHAHA


Como já disse acima, John começou com Slow Motion, que foi algo que valeu o episódio pelas reações da Chrissy. Depois, ele surgiu como MC Hammer, literalmente, cantando You Can't Touch This. Achei a performance perfeita e, se fosse para julgar só pela segunda música, acho que ele ganharia. MAS Common foi melhor no primeiro round, então acho que o resultado final foi justo.


E você, o que achou? Deixa seu comentário mais abaixo e avalie o episódio lá em cima (:

Patreon de O Vértice