Crítica | Vikings 3x06 – Born Again


“I hate you for leaving me.”



Ok, acho que preciso de um tempo para respirar, pois esse episódio me destruiu. Não estava preparada psicologicamente para esse plot twist!


O episódio já nos apresentou Ragnar e Athelstan armando o plano de ataque contra Paris. Estou muita animada com essa próxima invasão, pois sinto saudade de ver as machadadas dos Vikings, haha.


Mas vamos falar do único fato realmente bom do episódio: o nascimento da filha de Porunn e Bjorn. Só nesses momentos mesmo para percebemos que, na verdade, se passaram meses na história da série. Infelizmente, o romance do casal não é só flores. Já vimos a primeira traição de Bjorn. Por mais que a Porunn tenha pedido, sabemos que não era isso que ela queria... Ou será que era? Ultimamente, a personagem anda assim, toda contraditória. Veremos se isso será apenas um breve romance ou algo importante na trama.


Vimos também o tão esperado momento no qual Ragnar descobriu sobre o massacre em Wessex. E como o nosso rei reagiu? Matando o seu informante. Não julgo Ragnar, pois compreendi essa atitude dele, porque obviamente ele não queria que a informação vazasse. Mas será que ele se esqueceu que Floki também sabe dessa informação? E convenhamos que ele não está nos seus melhores momentos para guardar segredos, não é mesmo?!


Algo que me irritou profundamente no episodio foi a cena da Judith pagando pela sua traição. Mas como eu odeio o Rei Ecbert... Falso, hipócrita! Foi isso que ele sempre quis, e o inacreditável é que tudo o que ele planeja dá certo. Que sacanagem mesmo! Aguarde, Rei Ecbert, porque Ragnar não se esqueceu da sua traição não. Vai ter volta.


E as surpresas do episodio não pararam por aqui, e tenho que dizer que infelizmente. Sim, estou muito chateada com a morte do Athelstan. Juro que não esperava por isso... Fui pega desprevenida, e ainda estou chocada. Mas convenhamos que, apesar de não terem nos preparado para esse acontecimento com muita antecedência, no momento em que Athelstan disse que havia “nascido de novo” e se reconciliado com a sua fé, dava para perceber que algo estranho iria acontecer. Não bastava Athelstan ter tido visões e atos estranhos na temporada, ele teve que morrer também.


Só Odin sabe o que eu estou sentindo pelo Floki nesse momento! Nossa, para mim, acabaram com o personagem nessa temporada! Não digo isso só por causa dessa atitude dele, mas desde o começo da season ele está com essa rixa contra todos os atos do Ragnar. E, sim, ele acabou se tornando insuportável. Floki, “seje menas”.


Por fim, quando podia-se pensar que nada mais poderia emocionar no episódio, veio Ragnar e disse todas aquelas coisas para o Athelstan... Sem palavras, ele realmente o amava e o admirava muito. Que cena linda, sério!


Ragnar só sabe nos surpreender. Ainda por cima, parece que ele vai se passar por cristão... É isso mesmo que eu vi no final do episódio? Alias, que cena sensacional, até me arrepiei.


Para finalizar: Vikings, por favor, só nos traga surpresas positivas!

Patreon de O Vértice