Crítica | Shameless 5x09 – Carl’s First Sentencing

Um pouco de cada um...


“Carl's First Sentencing”, teve um pouquinho de cada personagem. Acho que eles colocaram esse episódio para encher linguiça, até uma season finale digna. Afinal, só faltam 3 episódios. Mas vamos ao que interessa que o tempo é curto!


Eu disse que o episodio foi para encher linguiça, mas isso não significa que ele foi ruim. Tivemos o “melhor” do Frank, a saga do Kevin, as transas rotineiras do Lip, a chatice da Sammy, o julgamento dos delinquentes (a parte mais engraçada) e um pouco mais da doença do Ian. E por falar nele... Cameron, o senhor está destruindo, viu? Me vi naquele surto dele, porque faço a mesma coisa quando escuto algum barulho no meio da noite (ou de dia mesmo). E o que eu vou dizer agora pode até parecer repetitivo, mas não têm como não elogiar o EXCELENTE trabalho que estão fazendo com o Mickey e o Ian. Gradual e produtivo, essas são as palavras que os definem.


E chato e desnecessário define quem? Uma chance, baby. Se você pensou no Kevin ou na V, venho lhes dizer que não me refiro a eles. Eu sinto que essa história dele na faculdade, pegando todas e tal, vai trazer algum problema (bom de ver) no futuro, então não achei desnecessário. Mas, por outro lado, se você pensou em Sammy, meu amor, você está absolutamente correto. Eu cansei dela de um jeito que só Jesus para contar. Ela é muito chata, sério. Vamos fazer um abaixo assinado e trazer a Sheila de volta?!


Enquanto não temos um sinal do retorno da Sheila, vimos o seu ex-marido dar uma de “bom amigo” e levar a Drª para um passeio nada convencional. E olha, eu tenho que dizer que achei o maior barato (quem fala maior barato??)... Foi divertido, foi intenso, foi o mais sincero... Ops! Sincero eu já não sei, afinal, vocês o viram tentando roubar os trocados da bff? Então... Mas posso afirmar que seria de grande valia vê-los juntos novamente, funcionou para mim e acho que para a maioria que acompanha a série.


O que também está funcionando, e muito bem, diga-se de passagem, é o Carl. Está bom demais ver esse seu lado rebelde. Todos passaram por uma versão mais assídua de ser um Gallagher, repararam? Lip teve sua vez, a Fiona, o Ian, Debbie (na pior versão de “quero ser comida”) e, agora, é a vez dele... Uncle Carl. Melhor parte do episódio, sem dúvidas, foi a grande resposta que o pivete deu à juíza. Parabéns, amor. Me diverte mais, porque está pouco.


Hoje não tem “P.S.: I love you” (brinquei, galera), mas não chorem, ok?! Ok. Eu volto na próxima, bjão!

Patreon de O Vértice