Crítica | Scorpion 1x17 – Going South


"Walter, I'm dating your sister!"



Agora a coisa ficou séria... No episódio dessa semana, Sly tomou coragem para falar ao amigo que está namorando a irmã dele. Essa cena em particular foi mais uma daquelas em que alguém quebra o clima sério do episódio com algo engraçado. Depois de tanto enrolar, chegando até a puxar o saco do patrão, Sylvester finalmente abriu o jogo. Não sei bem se ele estava com medo do que poderia acontecer durante a viagem ao México, já que trabalhariam em um caso envolvendo cartel ou se ele estava era com medo de levar uma bronca da Megan, caso ela descobrisse que ele não conseguiu conversar com Walter.


O clima esteve pesado em todo o episódio devido à forma egoísta com a qual Walter lidou com uma entrevista a respeito da equipe Scorpion. Na entrevista, ele simplesmente esqueceu de jogar o foco nos outros membros, e a fama rapidamente lhe subiu a cabeça. Toby e Happy fizeram piadas sarcásticas o tempo todo, deixando um certo constrangimento no ar. É, vacilou mesmo, O'Brien!


A missão foi uma das mais perigosas da temporada, acho que posso dizer isso por saber que não é fácil se envolver com um cartel, principalmente um cartel mexicano (experiência que adquiri em Sons of Anarchy). Os gênios viajaram e, já no primeiro contato com o país, foram surpreendidos por uma gangue que roubou o dinheiro que seria usado para resgatar a filha de um bilionário famoso. Quase daria para dizer que eles nem viram a cor do dinheiro.


Ainda, Happy, em uma atitude idiota de sair a procura dos homens sozinha, acabou sendo sequestrada por um boyzinho que não entendia da vida que almejava. E vimos que ela não ficou tão "happy" com isso. Acabou levando o garoto para o QG improvisado, onde tentaram fazer o garoto passar informações. O garoto ficou um tempo sozinho, o que facilitou para sua fuga e, assim, ajudou indiretamente na localização dos bandidos. Um plano bem elaborado por Toby.


A cena do robô metralhando a equipe foi bem tensa. Temi por algo maior, principalmente pela Paige, que estava mais vulnerável a ser acertada. Mas o gênio-herói Walter conseguiu fazer com que ela saísse ilesa. E foi bastante fofo aquele tombo dela em cima dele.


Com a garota sã e salva, entregue a seu pai, Walter reuniu todos para um sincero pedido de desculpas. Finalmente, vimos indícios de que ele está mudando, e não só em relação à Paige e Ralph (saudades), com os quais já presenciamos mudanças. O pedido de desculpas foi rapidamente aceito, mas Walter demonstrou mais maturidade (ou seria humanidade?) ao conversar com Sylvester a respeito da sua irmã. Ele não era contra o relacionamento dos dois, só estava preocupado com o amigo, por saber que sua irmã não vai viver tanto tempo quanto todos gostariam. Mas Sly não se deixou abalar e, com tudo resolvido, pôde correr ao hospital e estar, oficialmente, com sua namorada.


P.S.: Vale lembrar que a CBS volta a brincar com os nossos sentimentos e só retorna com um novo episódio de Scorpion no dia 09/03.

Patreon de O Vértice