Crítica | House of Cards 3x04 – Capítulo 30

Nos episódios anteriores, acompanhamos a luta de Claire pela embaixada norte-americana na ONU e as jogadas de Frank, que quer concorrer à presidência em 2015. Mas, agora, podemos ver que ele terá uma companhia...


O quarto episódio desta terceira temporada começa com Heather Dunbar, procuradora-geral, no Supremo Tribunal dos EUA, confirmando que o governo tem realizado ataques aéreos e, assim, matado inocentes – tudo, é claro, para garantir a segurança do país. Ela, que teve papel importante no processo de cassação do ex-presidente, fecha a sua participação falando que "nós podemos processar presidentes, mas não a presidência". Isso faz com que Frank fique em alerta. Em um enterro de marinheiros da SEALs, ele pede a Jackie e Remy mais detalhes sobre Dunbar.


Enquanto isso, já na Casa Branca, Frank recebe uma visita de um homem que foi mutilado em um ataque americano. Ele está processando o governo, e, então, o presidente tenta argumentar com ele. Sem sucesso. O homem, em pleno Salão Oval, diz que seu sonho é estrangular o Presidente dos Estados Unidos.


O episódio ainda mostra o embate entre Seth e Ayla. A jornalista pede acesso a funcionários do alto escalão a fim de buscar informações sobre o que tem acontecido com os planos do governo, sem sucesso. Numa coletiva, ela acaba atacando o presidente Francis sobre uma série de assuntos, irritando tanto o político quanto o assessor. Por isso, Ayla tem sua credencial de jornalista revogada por Seth.


Em reunião com Dunbar, Frank diz se ela não gostaria de assumir um cargo no Supremo Tribunal, já que Jacobs está com Alzheimer e pode deixar o cargo. Ela fica eufórica, mas não demora para perceber que é um golpe de Frank para tirá-la do seu caminho. Então, ela decide não aceitar o cargo e faz ainda melhor (ou pior): anuncia que vai concorrer à presidência nas próximas eleições.


O presidente vai até uma igreja e conversa com o padre local. Eles têm uma longa conversa sobre as "leis do homem e as leis de Deus", e Frank ressalta que prefere o Deus forte e vingativo do Velho Testamento. Já sozinho na igreja, o presidente se aproxima da imagem de Jesus crucificado e cospe no seu rosto. Mas, quando tenta limpá-lo, a imagem desaba e se quebra.


Enquanto isso, Doug está fazendo alguns movimentos. Ele rastreia Heather e está esperando por ela após reunião. Ele, então, oferece seus serviços à candidata. Mas o que é que ele realmente está fazendo?

Patreon de O Vértice