Crítica | Grey’s Anatomy 11x13 – Staring at the End


“Life will out.”



Está aí uma frase que vai ficar marcada para sempre: “life will out”. Acho que a Amelia a citou umas 3546826565689836 vezes na sua palestra, pelas minhas contas... Mas não vamos nos apegar em detalhes tão pequenos (não), vamos falar desse episódio que é um preparatório para a grande cirurgia da Dra. Herman.




“A vida irá prevalecer. As origens e as lições da vida e evolução são longas e completas, mas se resumem basicamente em: A vida irá prevalecer. A vida sempre dará um jeito de continuar. Sempre. A vida irá prevalecer.”



Todo mundo que acompanha a série sabe o quão f*** é Derek Shepherd e que suas mãos de gênio vivem fazendo genialidade por aí (não é à toa que ele está trabalhando para o presidente dos EUA). Porém, o fato é que, mesmo longe, ele consegue se fazer presente. E é justamente por causa dessa ausência que a Amelia é tão subestimada e questionada pela sua capacidade. Todos pensando que ela não é capaz, que existe uma falha, que tem algo faltando, e isso e aquilo outro... algo que com Dr. Shepherd versão masculina possivelmente não aconteceria. Mas, vejam só, a moça já disse que não precisa do irmão, que tem capacidade de seguir em frente, realizar a cirurgia e perder o posto de “another Shepherd”, pra que diabos então a Callie fez aquela cena ridícula e quis detonar a rainha do samba? Callie, amor, assim não rola.


Eu, particularmente, acho que é bem capaz de tudo dar certo e a Amélia conseguir salvar a Herman, só para tirar essa desconfiança que todos têm dela. Mas por outro lado... ela pode não conseguir salvá-la, não por uma falha, mas por causa do tumor ou das possíveis complicações durante a cirurgia, de modo que todo mundo entenda que ela fez um trabalho difícil e perceba que ela também sabe se virar sozinha. Ou pode ter essas complicações mesmo e ela ser obrigada a chamar o irmão. O que vocês acham, hein?!


De qualquer forma, estou ansiosa para saber o desenrolar disso tudo, mas torço pela permanência da Herman na série. Ela é bem divertida e traz sempre bons plots com a Arizona, fora que a Callie fica cheio de ciuminho lá (risos).


ga1


Então é isso, façam suas apostas!


P.S.: O que foi a Stephanie, minha gente? Lacrou muito para quem tomou um tapa na cara um dia desses aí.


P.S.: Só isso mesmo. Até a próxima, bjão!!!

Patreon de O Vértice