MasterChef Junior 3x05 – Family Style

Pelas minhas contas, faltam aparecer no show 2 filhos de Gordon.


Após os eventos dramáticos envolvendo Jenna, minha ansiedade para vê-la dando a volta por cima era considerável. A primeira prova, que podia ter saído de uma ideia de merchandasing para o filme dos Minions, foi empolgante, mas particularmente desinteressante. Não sou um grande amante dessa fruta tropical e, embora alguns achem estranho, acho que ela combina com comidas salgadas. Sou curioso, e mesmo achando o sabor da banana um pouco nauseante, tive vontade de experimentar todos pratos. Se não me engano, alguns pratos apresentados deixaram o sabor da banana um pouco mais leve, o que me agrada, e em geral achei bem criativo as combinações exaltando a fruta, por isso minha curiosidade em experimentá-los.


O desempenho da garotada foi ótimo. Gostei de Jenna ter se destacado na prova. Isso mostra que ela não se deixou abater e ousou ao colocar camarão em seu prato. Aliás, o camarão estava dourado-delícia. Achei o prato de Ryan Kate estranho. Porco com banana apimentada? Oi?! Ao menos estava de abrir o apetite. Mas quem passou longe de escorregar na casca da fruta foi Nathan. Os macarons de Nathan estavam divinos, perfeitos. É difícil duvidar que aquelas três maravilhas não estejam deliciosas. Fazer um macaron é algo bem técnico, por isso, concordo com a vitória de Nathan no desafio.


As crianças do show são adoráveis, mas a filha de Gordon com aquele sotaque britânico deu um charme a mais para o episódio e rendeu boas risadas quando ela foi constrangida pelo pai, e vice-versa. Imaginar Gordon pelado andando pela casa não foi agradável! A presença de membros da família Ramsey não é rara. Já tivemos a mãe, o filho Jack e a esposa. Todas essas participações foram charmosas, e por mim podem continuar acontecendo sempre que desejarem.


A presença de Matilda Ramsey, ou Tilly para os íntimos, trouxe o desafio do Teste de Eliminação. Exceto por Nathan, que por vencer o desafio da Caixa Misteriosa ganhou o direito de não participar do Teste, os mini-chefes teriam que cozinhar um prato chamado “Salmon em croûte” (salmão envolto em uma massa fina), com molho hollandaise (uma mistura de gema de ovos, manteiga, suco de limão e sal), batatas assadas e ervilhas. Um dos pratos preferidos de Matilda e receita garantida na casa dos Ramsey’s. Jenna, Andrew, e Jimmy brilharam na execução do prato, e Ayla continuou esquecível, mesmo tendo feito um bom trabalho. Jenna voltou aos tempos de glória, e estou começando a enxergar uma final onde ela enfrentará Andrew ou Jimmy. Jenna pode ser a primeira menina a ganhar o MasterChef Junior, e quanto mais girlpower, melhor.


Os que pecaram na execução do prato, Kayla, Ryan Kate e Riley, tiveram o salmão, a massa ou ambos, como os vilões. O salmão bem passado de Ryan Kate a fez parar na competição, e vou sentir falta de suas maria-chiquinhas. Mas o tocante foi o choro contido de Riley, que, por causa da massa crua envolvendo o salmão, teve que se despedir dos coleguinhas. Poderíamos imaginar que Riley, um menino de 8 anos, poderia desabar em choro e pirraça, mas talentos precoces devem amadurecer cedo, pois a forma como ele se comportou num momento infeliz foi sensacional. Os flashbacks com a passagem dos dois pela competição me emocionou pela primeira vez nessa temporada. Dessa vez, não foi Riley que iria realizar um desejo meu, mas minha torcida por um competidor novinho na final continua.

Patreon de O Vértice