Glee 6x05 – The Hurt Locker, Part Two

Antes das críticas, devo dizer que não me divertia com Glee dessa forma há muito tempo. Sue está terrível nessa temporada, confesso que estava com saudades dela desse modo...


A coisa mais inevitável aconteceu desta vez, Kitty está de volta ao New Directions. Definitivamente, essa é a melhor coisa que poderia ter acontecido. Sabia que ela não aguentaria estudar no McKinley sem fazer parte do Coral novamente. Além disso, como não fazer algo quando Rachel está te atormentando para fazer?


No episódio, vimos também Sue ainda obcecada por Klaine. Ela resolveu prendê-los juntos em algum lugar, que no fim acabou sendo um falso elevador. Eles ficaram lá por uma noite. O trato era o seguinte: eles deveriam se beijar para serem libertados. E não é que no fim eles se renderam e fizeram o que foi mandado? Mas é óbvio que esse fim de namoro não daria certo, estava na cara. Ainda sobre cenas que envolveram esse plot, preciso comentar, o que foi o boneco da Sue fazendo uma representação do tão famoso Billy the puppet? Épico, sem mais.


Enfim, após a performance dos Warblers, Rachel se sentiu insegura e com medo de fracassar, e por isso tentou trazer gente nova para o Coral. Vale dizer que a cena em que ela e Kitty assaltaram o notebook da Sue foi a melhor da temporada.


Com o plano de trazer novos membros para o Coral ainda em pé, Sam teve a ideia de falar com Spencer, que ficou com um pé atrás, mas no final acabou não resistindo e entrou para o New Directions.


Devo comentar sobre as performances não sensacionais, mas satisfatórias e simples, e a setlist do episódio, que deu de dez a zero no anterior. Glee voltou a fazer covers de bandas antigas, It Must Have Been Love dispensa comentários, pois é um hino. Já estava na hora de aparecer em Glee.


Tivemos outra tentativa de Sue de sabotar o Coral hipnotizando Sam de novo, mas dessa vez ela não se saiu muito bem. Com isso, acredito que esse plot pode ser dado como finalizado.


No fim, chegou o grande momento da performance do New Directions. E foi incrível! Esse novo cast tem carisma e, além de tudo, uma ótima voz. E não fui a única com esse pensamento, até Sue reconheceu o talento deles e acabou se emocionando com a performance. E tudo graças a Kitty, não é? Por fim, o grande vencedor do desafio acabou sendo o New Directions.


Por mais que o episódio tenha tido algumas tramas não necessárias numa temporada final, foi muito bom ver que Glee ainda tem aquela carisma e consegue divertir como nas primeiras temporadas. Afinal, Glee não se resume em drama, não é?


P.S.: Kurt e seu novo “amigo” Walter, que tem 50 anos... Acredito que ele tenha se cansado dos amores adolescentes.

Patreon de O Vértice