Crítica | Mr Selfriedge 3x02 – Series 3, Episode 2

Adversidades dentro e fora da loja agitam o dia de Harry Seldfridge.


Antes de falar sobre plots da temporada, quero dizer que fiquei emocionada com a homenagem feita a Lanvin. Quem assiste a série por gostar de moda sabe o quanto essas lembranças são importantes, e quem assiste por gostar das histórias paralelas pode ficar conhecendo um pouquinho mais do universo da moda. Dito isso, vamos ao episódio em si.


Preciso demonstrar toda a minha indignação por Victor Colleano. Se eu já não ia com a cara desse ser por causa da história com a Aggie, agora eu gosto menos ainda. Não aguento a prepotência e arrogância dele. Só não desejo que ele leve uma bonita rasteira da vida por causa do pobre George, que será arrastado junto. Mas tenho que admitir que deixar o Henri tomar um porre daqueles foi a melhor opção, rs.


Por mais que me doa o coração ver Henri e Aggie sofrerem por causa da guerra, meu lado crítico acha interessantíssimo mostrar como os homens foram afetados por ela. Quem poderia imaginar que um homem adulto, forte, vivido e que foi para a guerra por livre e espontânea vontade seria afetado dessa forma? Qualquer outro personagem que demonstrasse um vestígio sequer de sofrimento não seria algo tão impressionante como está sendo ver Henri dessa forma.


Impressionante também foi ver Violette agindo pelas próprias pernas. Na primeira temporada, ela era a filha quieta, sem notoriedade, e Rosalie era a espevitada. Agora, elas inverteram as posições. Também estou gostando de ver como as mulheres começavam a lutar por seu lugar ao sol, quando todo mundo acha que elas só começaram após o fim da Segunda Guerra Mundial. Além disso achei engraçadíssimo os jornalistas dizerem que todo mundo estaria atrás dos vestidos no dia seguinte após as fotos aparecerem no jornal, afinal, é assim que nasce uma it girl, rs.


Foto 02 - Mr Selfridge 3x02


E o Mr Crabb? Gente, fiquei cho-ca-da em cristo, rs. Jamais imaginei que ele “bateria” de frente como Harry dessa maneira. Ok, ele sempre lança umas verdades e dá aquela sambada na cara das pessoas, mas o fato de ter feito isso de uma forma tão seca me deixou impressionada. Para ser bem sincera, achei ótimo! Mesmo sem nos mostrar como Harry estava relapso com a loja, alguns comentários aqui e outros ali já nos dizia que as coisas não iam bem e que o chefe não estava enxergando. Só achei que a demissão do Mr Thackeray foi tarde demais, rs. Por mim, ele já teria sido demitido na metade da temporada passada. Concordo em gênero, número e grau com Harry quando ele disse que o chefe de departamento de moda feminina passou dos limites ao abrir a boca.


Por fim, que genro é esse que Rosalie foi dar para o pai, hein? Só ela não enxerga, ou está se fazendo de idiota mesmo? Não consigo entender o que ela viu nesse russo, que eu acho que de russo não tem nada. E a sogra? Bem típica sogra de filme animado, hein? rs Que os autores nos protejam dessa gentalha e que levem Lorde Loxley com eles. rs

Patreon de O Vértice