Crítica | Modern Family 6x15 – Fight or Flight

Na vida, eu sou a Claire... Só que sem um Phil Dunphy.


Depois de um fim de semana incrível (pelo menos para um dos Dunphys), Claire e Phil tiveram que voltar da viagem em classes separadas. Com a sorte ao seu favor (Presidente Coriolanus Snow curtiu isso), Claire recebeu passagem para a Classe A do avião, sentando ao lado de uma mulher que mostrou tudo de bom que a viagem poderia oferecer em apenas alguns minutos.


O que foi "amor à primeira vista" logo se tornou "meu pior pesadelo". E foi assim que, mais uma vez, me identifiquei com a Claire. Comigo acontece isso frequentemente. Quando gosto de alguém de cara, as chances de começar a sentir raiva daquela pessoa são bem altas. E vice-versa! Parece uma fórmula matemática, sempre dá certo. E quando não dá, é porque errei os cálculos (o que também é frequente, rs).


Phil, por outro lado, na sua classe econômica, estava no bem bom. Brincando de mágica e sendo massageado por uma jovem bonita... Até que não estava mais. Os homens que estão lendo esse texto, trocariam de lugar com a esposa? O Phil trocou! O personagem é realmente um marido magnífico. Gente, homens como ele não existem! E se alguém me provar o contrário, dizendo que conhece um, favor me passar o WhatsApp nos comentários.


Confesso que os outros plots do episódio não me fizeram rir. Foram bastante óbvios até. O Manny se metendo naquela briguinha; Alex e Haley bagunçando a vida amorosa do Luke; e, principalmente, a Sal e aquele bilhetinho de "toma que o filho é teu" para cima do Cam e do Mitchell, sendo apenas um mal entendido... Foi tudo bem previsível.


Ainda assim, é uma família linda, e quero ter uma igual!


P.S.: Não imaginei que diria isso um dia, mas senti saudades da Lily.

Patreon de O Vértice