Parks and Recreation 7x03/04 – William Henry Harrison/Leslie & Ron

O esquecimento resultou em anos de desavença e na falta de abraços forçados.


Minhas memórias são nebulosas. Quando busco lembrar de um evento passado, tenho dificuldade em descrever os acontecimentos, são poucos aqueles que foram marcantes. O que não esqueço são as emoções que os eventos proporcionaram e dos meus compromissos. Busco sempre atendê-los, ainda mais se eles forem relacionados com amigos. “I’ll be there for you” tem que ser regra em toda amizade.


Depois de uma corrida desesperada para a promoção dos interesses de cada um, que achei bem chata (exceto por Zorb, o Lagarto Deus), fiquei bem contente pelos amigos de ambos os lados intervirem no conflito. O infinito mais 1 é muito tempo para eles acertarem as contas. Por mais que eu não estivesse esperando pela resolução desse conflito antes da metade da temporada, estava curioso para saber o que raios seria esse Morningstar. Imaginei que os dois poderiam ter brigado num talk show por motivos que ainda não consigo imaginar.


Foram ótimos os momentos que Leslie e Ron passaram trancados no antigo local de trabalho. São tantas as memórias construídas ali que não poderia haver lugar melhor para eles conversarem. Ron deu a dica anos atrás, quando Terry era Jerry, escolhendo Buddy, de Willie Nelson, para adentrar na coletânea de músicas. Seu amor platônico por Leslie é belamente declarado através dessa música. Só que o implícito não funciona para Leslie, ela precisa de palavras. A tortura infantil e carinhosa conseguiu fazer Ron desabafar parcialmente. Foi só após uma apelação, com direito a Little Sebastian, que Ron, esbelto na roupa de ioga amarela de Craig, contou o que realmente aconteceu. A mágoa de Ron só não é maior que seu carinho por Leslie e seus “work proximity associates”.


O casca grossa de hábito simples se sentiu esquecido por aquela que o chamava de amigo. Leslie não é qualquer uma para Ron. É capaz que ela seja a amiga de mais tempo que ele já teve. Não acho que Leslie devia se remoer de culpa. Quando ela iria imaginar que Ron pediria um emprego no governo, uma vez que ele SEMPRE reclamou do trabalho? Ron tem uma parcela de culpa em sua própria infelicidade por não vocalizar seus sentimentos.


Felizmente, eles voltaram a se gostar. Estou ansioso para saber quais serão as consequências dessa amizade restabelecida. Será que Ron vai deixar a corrida pelo lote vago? To be continued...


...Not now, next week.


P.S.: Os spoilers de Game of Thrones estão em todos os lugares mesmo... Longe de mim fazer piada com a morte do Martin antes de 2017 dizendo que se ele morresse antes de terminar os livros era para os caras da série zoarem tudo.

Patreon de O Vértice