Family Guy 13x09 – This Little Piggy

Se não é pornô, ou HBO, deve ser "erótica".


Todos gostam de um certo nível de apreciação. Em “This Little Piggy”, Stewie foi o primeiro a ser apreciado. Pelo visto, uma simples mudança de uma sala colorida para outra de cor diferente já é motivo para celebração. Acho válida a observação de Brian ao dizer que, atualmente, os pais celebram o nada demasiadamente. É o tal da medalha de participação. Para a criança não se sentir mal por não ter ganhado, ela ganha uma medalha de consolo. Quando eu era criança, não tinha nada disso. Talvez, para a cabeça de uma criança, isso pode indicar que ela não precisa se esforçar tanto para ser reconhecida, pode indicar também que não tem problema perder, pois até o perdedor irá ser recompensado... Então, por que tentar? Fiz um curso intensivo de psicologia infantil pelo site da faculdade Achismo, manjo dos paranauês.


Ainda na cerimônia de Stewie, quem também teve seu momento de apreciação foi Maggie. A apreciação de Maggie foi meio incômoda de acompanhar. São raros os momentos em que Maggie é apreciada por alguém. É fácil dizer que por sua família ela não é. Então, quando surge uma oportunidade de se sentir querida, ela não iria topar? Ainda mais sendo ridicularizada pelos pais do jeito que ela é? É claro que ela toparia.


O que levou Louis e Peter a descobrirem sobre as fotos de Meg me deixou rindo por alguns minutos. Chris, depois do momento de estudo, tirou um tempo para relaxar. Mas, antes de começar o relaxamento, foi preciso consultar a “Wheel of Porn” (Roda do Pornô). Se a roda não fosse Family Guy o suficiente, os 15 minutos que Chris levou para contar aos pais já deixaria implícito o tipo de piada que a série consegue fazer. E eu ri muito! A partir daí, foi ladeira abaixo nas piadas de cunho sexual. Mas, antes de chegar ao fim desse plot, voltemos a Stewie.


Stewie pensou sobre o comentário de Brian e, como ele é um bebê maduro, é natural que ele reconheça que mudar de uma sala para outra não é uma conquista. Para Stewie, uma conquista é viver tudo que a vida tem para oferecer, é deixar a estrada te levar para algum lugar. Assim, eles (quando que Brian não acompanharia Stewie em mais uma aventura?) acabaram por parar num evento musical, daqueles tipos com sexo e drogas. A sugestão de um threesome (sexo a três) entre um bebê, um cachorro e uma mulher foi perturbante, mas a audiência de Family Guy sabe dar risada disso. Agora, pagar para vê-los em ação já é demais, estou fora. Não creio que a série iria nesse ponto, seria muito baixo. É até melhor uma cena com consumo de drogas e overdose. É mais leve, rs.


Ambos os plots falaram de sexo, mas o que aconteceria com Maggie me fez ter a mesma reação de Peter (“Oh, my”). Felizmente, Peter e Louis colocaram a mão na consciência e foram ao resgate da filha, mostrando que lá no fundo eles se importam com Maggie. Se meu incômodo com a possibilidade de um “shoe-kake” em Maggie não fosse o bastante para sentir repulsa, a ideia foi levada adiante e ao menos causou uma risada constrangida ao ver o estado do pé de Joe. Um non-sense repulsivo que só a audiência de Family Guy estaria preparada para ver.

Patreon de O Vértice