The Good Wife 6x10 – The Trial


“I go from one nightmare to another and I just want it to be over.” – Cary Agos.



Chegou o dia do juízo final. Bom, pelo menos para Cary. Depois de semanas acompanhando o desenrolar dessa história, finalmente chegou o julgamento. Estar do outro lado do tribunal torna tudo mais real. Estar ali sendo julgado é algo que Cary com certeza nunca poderia imaginar e esse se torna um daqueles momentos que podem mudar uma vida para sempre.


Desde o início, todo o caso girou ao redor do Bishop. Foi uma ideia genial fazer com que, de certa forma, o poder de decidir o rumo da história estivesse nas mãos dele. Ameaçar o traficante foi a jogada mais arriscada que Kalinda fez até aqui, em uma tentativa desesperada de ajudar Cary. Quando a última das três testemunhas da gravação aparece para depor surge um pontinho de esperança para eles e para nós que assistimos. Mas era de se esperar que Bishop não cedesse à chantagem e o que poderia ser a salvação do Cary se torna o seu fim.


O desespero da Kalinda ao implorar para ele fazer a testemunha dizer a verdade, a frieza dele ao dizer que isso era problema dela e a expressão do Cary fizeram essa cena ser uma das melhores do episódio. Indiretamente, Bishop havia acabado de decretar a sentença. Durante todo o episódio Cary lutou contra a possibilidade de fazer um acordo mesmo sabendo que as circunstancias não eram favoráveis e que a sorte não estava ao seu lado, o que mostra que nessas horas toda lógica e conhecimento da lei vão embora. Mas a partir dali toda esperança que podia existir morreu e não havia mais o que ser feito.


E quando você acha que já sabe tudo que vai acontecer desse ponto em diante o episódio dá mais uma reviravolta. Bishop fez a proposta mais inesperada do mundo oferecendo uma possibilidade de fuga. Claro que Cary nunca aceitaria fugir e trabalhar para ele, mas foi muito legal a forma como ele pensou na empresa primeiro e em como eles não receberiam o dinheiro da fiança de volta se ele fugisse. Esses últimos meses podem ter sido um pesadelo para Cary, mas é inegável o quanto ele cresceu como pessoa.


tgw2


Isso levou à cena mais emocionante do episódio. A relação da Alicia e do Cary se aprofundou tanto que foi realmente de partir o coração ver a despedida deles. Acho que toda a tristeza da Alicia não é só pelo fato de alguém que ela ama estar passando por algo terrível, mas sobretudo por estar novamente perdendo alguém importante para ela. Ver Cary pedir para que ela o visite foi de partir o coração e sem dúvidas uma das coisas mais tristes que já aconteceram na série. Aceitar o acordo era a melhor opção e foi o que ele fez. A questão é que isso traz muitas implicações. Ele será para sempre um criminoso e não poderá mais advogar e isso impacta não só a sua própria vida como a dos seus sócios.


Enquanto isso, o lado político da série teve uma das histórias mais descabidas possíveis. Pois é, a série é ótima, mas não é perfeita. Toda essa confusão da carta ameaçando um professor ficou um pouco sem sentido. Onde Alicia estava com a cabeça quando brincou de matar o professor. Pior, quem escreve esse tipo de coisa? Não sei quem é a mais burra, Alicia que escreveu ou Grace que mostrou pra professora. Logo agora que eu estava começando a gostar um pouco mais da Grace. Tal mãe, tal filha.


“The Trial” encerra a primeira parte da temporada e fecha o ciclo, concluindo o principal plot que vem sendo desenvolvido desde a season premiere. O problema é esperar até ano que vem para saber como as coisas ficarão daqui pra frente. The Good Wife é uma das poucas séries que ainda conseguem inovar e surpreender e por isso a espera será uma tortura. Até ano que vem!


P.S.1: Diane citando Will foi lindo.


P.S.2: Juízes são pessoas normais e também têm dificuldades para comprar ingressos.


P.S.3: Kalinda tá querendo morrer desse jeito.

Patreon de O Vértice