Revenge 3x20/21 – Revolution/Impetus

Revenge 3x20/21 – Revolution/Impetus

Prepara-se, sua cabeça explodirá!

Nunca me canso de elogiar essa temporada de Revenge. Claro que ela não foi perfeita, mas está sendo muito bem conduzida e nos fazendo esperar ansiosamente pelo próximo episódio. Está cada vez mais difícil odiar essa série.

3x20 – Revolution

Revenge 3x20 – Revolution

Estamos caminhando para mais uma season finale... E uma coisa que eu aprendi na vida foi que as season finales de Revenge são de tirar o fôlego. Uma prova disso foi visto nesse “Revolution”, o antepenúltimo episódio dessa temporada. Se o antepenúltimo foi desse jeito, o que esperar da season finale?

Mais uma vez, tivemos aquela velha história dos planos de Emily. A loira se prepara, planeja, tenta ver os mínimos detalhes, mas na hora da execução algo sai errado e ela morre na praia. Isso seria frustrante de se ver (até porque já vimos isso acontecer algumas vezes), mas até que dessa vez o sentimento foi menor. E aí temos que dar o braço a torcer aos roteiristas: os caras estão querendo realmente nos surpreender e não estão medindo esforços para isso.

Nesse episódio, nos despedimos de Pascoal LeMarchal, assassinado de forma brutal por Conrad. Sério, eu imaginava que Pascoal fosse ser deportado ou algo do tipo, mas o Sr. Grayson decidiu acabar com o mal pela raiz, literalmente! Lembrando que Conrad falou que não gosta de sujar as mãos. Imagine se ele gostasse...

Esse sentimento do inesperado, de não sabermos exatamente o que vai acontecer é uma das qualidades de Revenge. Eu não sei vocês, mas eu gosto de ser surpreendido. E isso a série está conseguindo fazer bem, nem que seja em doses menores. E aprendam, crianças: não acreditem em nenhum plano de ninguém nessa série, pois, na execução, ele vai dar errado.

Se por um lado, Emily ficou triste (mas ao mesmo tempo renovada por ter perdido mais uma chance), Victoria... pobre Victoria. Definitivamente, aquele artigo da constituição dos Estados Unidos que afirma que todo americano tem o direito a felicidade não foi feita para ela. O que ficou evidente é que ela não se convenceu da desculpa dada por Conrad pela morte de LeMarchal e iria atrás dele de alguma forma. Talvez isso crie alguma situação para que Emily consiga alguma prova. Será?

Paralelamente a tudo isso, tivemos alguém se passando por David Clarke para perturbar Charlotte. Meu primeiro pensamento em relação a tudo isso é que não tinha jeito de ser ele, mas outra lição aprendida em Revenge é que os mortos nem sempre estão mortos. Mas, claro, se você está sendo perseguido por um cara que você acredita que está se passando por seu falecido pai, a primeira coisa que você faz é andar sozinha em uma praia à noite. Não deu outra: Charlotte foi sequestrada e, sinceramente, não sabia se me importava com isso ao final do episódio. Mas também pensava: quem sabe os roteiristas finalmente prepararam algo interessante que envolva a caçula dos Graysons...

Para encerrar, preciso falar do Daniel. Tem coisa mais irritante do que ver o Banana Grayson bancado o esperto? Está certo que Nolan deu uma pequena lição ao sabotar o aplicativo do Javier, mas, com a morte de Pascoal e Margoux desestabilizada, o caminho está livre para ele controlar o império LeMarchal, ou pelo menos acredito que essa é sua intenção. Não adianta, Daniel, para mim você sempre será o Banana Grayson. Espero ver a sua queda em breve.

P.S. 1: Bem que Nolan avisou. Bem feito, Javier!
P.S. 2: Madeleine brilhando, mais uma vez.
P.S. 3: Emily de agente federal fica uma coisa linda de se ver.

3x21 – Impetus

Revenge 3x21 – Impetus

Depois desse episódio, só conseguia pensar: o que foi isso? Que episódio foi esse? Anteriormente, eu falei que gosto da imprevisibilidade, que gosto de ser surpreendido. E, de fato, Revenge fez o dever de casa com “Impetus”.

É verdade que a série tem os seus defeitos, há pontos que poderiam ser mais bem trabalhados, mas as suas qualidades se sobrepõem a tudo isso. E com essa temporada tão bem conduzida, não tem como querer desistir da série nesse momento. Dá é para sentir pena daqueles que não seguiram até onde estamos. O samba está correndo solto aqui.

Quem é que esperava que finalmente Emily conseguisse vencer uma? Que Charlotte seria usada para conseguir uma confissão do pai e que ele seria o algoz de sua própria ruína? Ok, para essas duas últimas perguntas nós imaginávamos sim. Se tudo corresse como planejado, Conrad e Victoria iriam dar uma coletiva de imprensa e confessariam tudo.

Se tudo corresse como o planejado... Outra coisa que disse anteriormente foi para não confiarmos nos planos, pois eles falham na execução. Mas errei com este: o plano correu exatamente como esperado. A coletiva não poderia ser usada como prova, já que o fato deles estarem sendo persuadidos pelo sequestro da filha invalidaria a confissão. Mas libertar Charlotte e fazê-la confrontar o pai para que ele confessasse foi uma jogada de mestre.

O próprio sequestro foi algo que, para mim, foi surpreendente, pois não esperava que Emily estivesse por trás daquilo. Confesso que as evidências estavam lá, mas não achei que ela fosse fazer isso com a própria irmã. Que engano! É aquele velho ditado: tempos desesperadores exigem medidas desesperadas. E assim Emily o fez, apesar de Jack querer bancar o super protetor. Por um minuto, pensei que ele fosse colocar tudo a perder, e olha que o xinguei como nunca xinguei ninguém na minha vida. Mas que beleza que foi descobrir que tudo fazia parte dos planos de nossa Revenger.

Agora, Conrad está atrás das grades, mas a vingança não terminou. Ainda falta Victoria... As apostas para o próximo episódio, que já será a Season Finale, estão altas. Segundo Sunil Nayar (o atual showrunner da série), esse final de temporada será de “explodir cabeças”. E tem como esperar menos? Também ficou prometido um embate fenomenal entre Victoria e Emily, afinal a senhora Grayson está bem próxima de descobrir a verdade (se é que ela já não sabe).

Como se isso fosse pouco, alguém morrerá nesse último episódio. Ok, até aqui nada surpreendente, já que a série adora uma carnificina. Mas ficou a promessa de que alguém do elenco principal (Emily, Aideen, Charlotte, Nolan, Jack, Victoria, Conrad ou Daniel) seja o da vez. Façam suas apostas... E se as nossas cabeças ainda estiverem no lugar, nos vemos na próxima review.

P.S.1: Daniel + Margaux = zzzz
P.S.2: “Apodreça no inferno, Conrad“. Madeleine brilhando mais uma vez.
P.S.3: A título de curiosidade, torço profundamente pela morte de Daniel. Mas acho que será Charlotte ou Aideen.
P.S.4: Essa semana, Revenge foi renovada para a 4ª temporada. Não sei vocês, mas eu espero que seja a última. Espero um final lindo e de muitas reviravoltas.
P.S.5: A season finale, intitulada “Execution”, será exibida hoje (dia 11/05) nos EUA.
Patreon de O Vértice