Arrow 2x21 – City of Blood

Arrow 2x21 – City of Blood

'A Essência do heroísmo é morrer para os outros viverem'

SOCORRO! Se não tivesse visto o 'legende conosco', poderia JURAR que meu episódio veio incompleto! Espetacular é POUCO! Sei que já disse isso algumas vezes, porém temos um novo 'um dos melhores episódios de Arrow'. Mesmo sem acontecer 'nada demais', esse foi simplesmente um dos mais incríveis da série. Laurel foi maravilhosa (frisando: MARAVILHOSA), Diggle foi esperto, Thea foi não-tão-mimizenta, não teve Roy e Felicity... bom, Felicity foi the bitch with Wi-fi.

Agora, tentando conter a euforia, vamos por partes. Começando com comentários sobre os flashzZbacks. Eu me encontro num ponto da minha vida que não tenho mais saco para os flashbacks da Ilha, mas agradeço por FINALMENTE entender (acredito eu) como de fato Oliver saiu de lá. E agradeço por essa parte estar quase no final. Me preocupo levemente quando penso como será a terceira temporada, porque, querendo ou não, os flashbacks fazem parte dessa série linda. Não consigo ver muito a série sendo desenvolvida única e exclusivamente no presente sem perder um tiquiiinhozinho de sua essência.

Sobre Laurel, o que dizer para essa personagem que eu odiava, mas agora estou começando a amar mais que tudo? PUTA QUE PARIU, LAUREL LANCE. ESTOU APLAUDINDO-A DE PÉ! Achei LINDO ela indo até seu pai, explicado suas suspeitas e hackeado Blood. Achei incrivelmente LINDO ela indo até Olie e dizendo que sabia quem ele era e que havia procurado seus parceiros. Achei incrivelmente linda, inclusive, a forma sexy com a qual ela foi andando até ele. E incrivelmente lindo (embora meiozinho patético, mas ainda assim LINDO) ela o salvando. OBRIGADA, PRODUÇÃO, por estar transformando a Laurel nessa coisa tão linda. Verdade seja dita: meu coração não iria aguentar perder uma Sara e ter uma Laurel. Mas essa Laurel? Por essa Laurel eu mesma mato a Sara. Verdade... <3

Já sobre the Bitch with Wi-fi, O QUE DIZER SOBRE ELA? Acho que eu NUNCA reclamei da Felicity (e como poderia?). Ela sempre consegue ser melhor a cada episódio que passa. Do princípio ao fim. Não me canso de suas piadas, de sua fofura, de sua beleza. Ela falando com Oliver sobre 'não aceitar' me emocionou; ela ~ redirecionando ~ dinheiro me fez gargalhar. Ela é a alma disso aqui <3

E, por fim, vamos falar sobre o episódio em si. A guerra começou. Espero que os próximos (e últimos :'/) episódios tragam todos os elementos que foram inseridos nessa segunda temporada. Que venha Esquadrão, exército Blood, Barry, Slade... Como diria Mr. Catra: VEM TODO MUNDO!

P.S.: O episódio foi tão lindo (mas tão lindo), que até a Rochev foi incrível no 'você me matou' </3
Patreon de O Vértice