10 Melhores Animações da Pixar

Antes de saber quem faz parte da nossa lista com as 10 Melhores Animações da Pixar vamos apresentar brevemente um pouco da história do estúdio.


Sendo originalmente uma divisão da Lucasfilm, a Graphics Group como era conhecida na época foi vendida em 1986 para Steve Jobs, pela bagatela de US$ 10 milhões e então rebatizada de Pixar, para assim resumir um pouco o início do estúdio. Após essa transição a Pixar nada mais era do que uma companhia de hardware, tendo como seu principal produto o computador Pixar Image Computer e como comprador a Walt Disney Pictures.


Mais tarde a Disney e a Pixar desenvolveram o CAPS, um software que possibilitava a colorização da animação tradicional no computador. Contudo, o Image Computer nunca fez muito sucesso e na tentativa de aumentar as vendas, John Lasseter, um dos empregados, produzia curtas animados como Luxo Jr. que revelavam as capacidades do aparelho. Em seguida a divisão de animação passou a fazer comerciais. Porém Jobs gastava tanto dinheiro na companhia reconsiderou a ideia de vendê-la em 1991, quando após demissões em massa a Pixar fechou contrato com a Disney por US$26 milhões para fazer três longas-metragens animados, o primeiro sendo Toy Story, lançado nos cinemas em 1995. E foi assim que tudo começou...


Que tal agora enfim descobrir quem faz parte da nossa lista? Então fique com:



10 Melhores Animações da Pixar


10 Melhores Animações da Pixar
Com direção de John Lasseter (Toy Story), Carros (Cars) foi lançado em 2006 e invadiu os cinemas com uma leva de carros falantes e cheios de personalidade. No filme, Relâmpago McQueen é um carro de corridas ambicioso, que vira astro já na sua 1ª temporada na Copa Pistão. Com o sonho de se tonar o 1º estreante a ganhar o campeonato, o que permitiria que assinasse um patrocínio com a cobiçada Dinoco. , Relâmpago deixa a fama tomar conta dele e acredita que não precisa da ajuda de ninguém, sendo uma "equipe de um carro só". Esta arrogância lhe custa caro na última corrida da temporada, fazendo com que seus dois pneus traseiros estourem na última volta da corrida. A partir disso uma série de acontecimentos vai mudando o curso da história.


Sucesso de bilheteria foi lançado em 2011 a sequência das aventuras de McQueen, colocando a velocidade ao máximo em mais uma obra da Pixar.



10 Melhores Animações da Pixar
Sendo a oitava produção lançada pela Pixar, Ratatouille conta a história de Rémy, um rato vivendo em Paris que sonha em se tornar um chef de cozinha, sob a direção de Brad Bird. Lançado em 2007 o Rémy vê a sua família contra a sua ideia de ser cozinheiro, principalmente pelo fato de ser um rato, contudo após um encontro inusitado com o atrapalhado Linguini, ajudante de cozinha que não sabe cozinhar as coisas começam a mudar e uma parceria acontece, porém tudo isso em meio a muitas confusões.


As aventuras do ratinho cozinheiro em Ratatouille fizeram grande sucesso com o público e a crítica, além de levar o Oscar de Melhor Animação em 2008. Uma curiosidade quanto ao filme é que foram feitos mais de 270 versões diferentes de comida no computador. Cada alimento era preparado e decorado numa cozinha de verdade, sendo fotografado para referência e comido. Alguém ficou com fome?



8
Por alguns não muito favorita, Valente (Brave), foi lançado em 2012 sob a direção de Mark Andrews e Brenda Chapman e marca a história da Pixar por ser a primeira produção do estúdio protagonizada por uma mulher, a Merida. Com tom de contos de fadas, Valente tem características mais sombrias e dramáticas do que se comparado a outras produções da parceria Disney e Pixar.


Assim como em outras animações Valente não passa despercebida no âmbito das lições de moral, contudo a beleza de cada cena e detalhes, principalmente quanto a marcante protagonista de cabelos ruivos, seduzem facilmente quem parar para assistir essa aventura. Valente levou o Globo de Ouro e Oscar de Melhor Animação.



10 Melhores Animações da Pixar
Lançado em 1998, Vida de Inseto (A Bug’s Life) acompanha o mundo dos insetos, onde as formigas são manipuladas pelos gafanhotos, que todos os anos exigem uma quantia de comida. Caso as formigas não cumpram essa exigência, os gafanhotos ameaçam atacar o formigueiro. Porém, Flik querendo melhorar a vida da colônia cria um protótipo de uma máquina que acelera todo o trabalho das formigas e aí que toda a confusão começa.


Sendo o segundo “filho” da Pixar, Vida de Inseto teve como concorrente Formiguinhaz, lançado no mesmo período pela DreamWorks nos cinemas, porém em nada atrapalho na arrecadação do longa-metragem que abocanhou US$ 363,4 milhões ao redor do mundo, deixando a concorrência com US$ 171 milhões de faturamento mundial.



10 Melhores Animações da Pixar
Com direção de Pete Docter, Lee Unkrich, David Silverman, Monstros S/A invadiu as telonas em 2001, com seus personagens alienígenas cheio de simpatia. O filme conta a história sobre monstros que assustam crianças para conseguir seus gritos e gerar energia para seu mundo. Com Mike e Sully como protagonistas dessa comédia, vimos Boo, a pequena garotinha humana tomar conta do terreno tanto quanto os monstrinhos, gerando ao público uma empatia sem igual.


Recentemente Monstros S/A ganhou uma sequência,  Universidade Monstros, que mostra os personagens principais ainda universidade, antes de entrarem para a fábrica que acompanhamos na primeira produção. Quem for detalhista ao assistir o primeiro filme pode notar a imensa quantidade de easter eggs, fazendo alusão a Nemo e Toy Story de maneiras diferentes.



10 Melhores Animações da Pixar
Lançada em 2008, Wall-E, dirigido por Andrew Staton é uma das mais belas obras-primas da Pixar. A trama do filme acompanha o robô Wall-E, criado para limpar a Terra após os humanos a deixarem coberta por lixo em um futuro distante, e irem moram em uma grande “navecasa” espacial. Em meio a engraçadas e interessantes situações o solitário robô, se apaixona por EVA, outro robe enviado a terra para encontrar vestígios de vida na Terra. Criando um vínculo encantador com EVA ele a segue para o espaço em uma aventura que irá mudar seu destino e o destino da humanidade.


Wall-E mistura muito bem pontos como amor, lição de moral e aventuras sem fazer disso uma receita piegas. É um filme capaz de seduzir qualquer faixa etária e dependendo do entendimento do espectador em enxergar as mensagens passadas pelo longa-metragem, fará com que chegue ao fim com alguns questionamentos quanto a nossa rotina atual. Se você não viu essa é uma boa dica para entrar na sua lista.



4
Levando aos cinemas uma família de super-heróis, Os Incríveis (The Incredibles) lançado em 2004, teve a direção de Brad Bird e lançou nas telonas temáticas muitas vezes deixadas em segundo plano ou ignoradas nesse tipo de produção, como a violência, os valores dos exemplos familiares, entre outros. Esse tom foi imposto pelo próprio diretor que queria dar ao filme um toque mais realista.


Os Incríveis fez literalmente uma revolução dentro dos corredores do estúdio, tudo isso pela produção e uso de novos recursos para o projeto, usados tanto nas cenas de luta como simplesmente no embelezamento da pele dos personagens, que dessa vez eram humanos. Para quem é fã do longa-metragem pode ser preparar, pois está em planejamento Os Incríveis 2, que deverá trazer mais aventuras da diferente família Pêra!



10 Melhores Animações da Pixar
Lançado em 2009, Up - Altas Aventuras (Up) teve a direção de Pete Docter e conta a história de das aventuras que Carl, idoso viúvo com o sonho de se mudar para o magnífico Paraíso das Cachoeiras, na Venezuela, contudo ao conhecer Russel, simpático garotinho escoteiro e amante da natureza com o sonho de protegê-la se vê no início de suas trapalhadas. Também tem Muntz, um explorador difamado buscando restabelecer sua reputação, além de Kevin uma ave tropical e Dug, um golden retriever falante.


Com esses elementos e personagens Up apresenta uma infinita em suas imagens, além de uma bonita relação entre o atrapalhado escoteiro e o vovô ranzinza, que vai crescendo ao longo do filme. A produção é quarta maior bilheteria da Pixar, tendo arrecadado US$ 731 milhões ao redor do mundo e sendo um sucesso de crítica.



10 Melhores Animações da Pixar
Clássico do estúdio, Procurando Nemo (Finding Nemo) lançado em 2003 é a quinta animação da parceria Pixar e a Disney. Com direção de Lee Unkrich e Andrew Newman a trama centrada em Nemo, um filhote de peixe-palhaço, Marlin, seu pai e a esquecida Dory ganharam ainda mais atenção da mídia e público após levarem o Oscar de Melhor Animação. Toda em 3D, no filme acompanhamos o jovem peixinho em aventuras e dilemas bastante singulares.


Uma notícia boa quanto a Nemo é que em breve poderemos ver parte desse universo novamente nos cinemas. Todavia, a estrela dessa vez será Dory, companhia atrapalhada de Nemo no original. A estreia da sequência será em junho de 2016 aqui no Brasil e contará com a direção de Andrew Staton. Ansiosos?



10 Melhores Animações da Pixar


Tendo lançado o seu primeiro longa-metragem da franquia em 1995 e sendo essa a produção de debute da Pixar, Toy Story tem um imenso carinho tanto por parte dos fãs como dos envolvidos em sua realização ao longo de três projetos, contudo o último lançamento, feito em 2010 é um dos mais marcantes para o estúdio e público. Toy Story 3, com direção de Lee Unkrich, roteiro de Michael Arndt e Andrew Stanton fez tanto sucesso que acabou ganhando uma indicação ao Oscar, além de ter alcançado uma das maiores bilheterias no que diz respeito à animação.


O retorno de Woddy e Cia foi sem dúvida muito bem apresentado, com uma história capaz de entreter e até emocionar os mais sensíveis. O longa-metragem faz escola e ensina que nem sempre uma sequência pode ser ruim, ainda mais se tratando da última, além ser o segundo projeto da Pixar em ser lançado no formato IMAX. Todos os três filmes merecem igual respeito, mas o três por ser mais recente e tão bom quanto o primeiro tem um mérito especial, se não viu veja!



Relacionado: 10 Séries de TV que Deveriam Voltar


As 10 Máscaras Mais Marcantes do Cinema


A Exploração das Fábulas nas Diversas Mídias


[divider top="no"]

Patreon de O Vértice