Previsões - Oscar 2014

E o Festival de Cannes já passou, o de Toronto já está acabando, o do Rio acontece esse mês e os principais filmes do ano já foram exibidos por aí, portanto já está rolando alguns nomes de possíveis candidatos ao Oscar, por mais que até dezembro possam surgir mais alguns nomes fortes, a maioria dos nomes mais importantes já está rolando na boca dos críticos e nós, não podemos também deixar de especular sobre quem vai e sobre quem deve ganhar o Oscar 2014, o premio máximo do cinema.


Para começar vamos falar apenas das categorias principais (posteriormente vamos atualizar), começando na próxima página com as nossas 5 principais apostas para a categoria Melhor Atriz Coadjuvante.


[divider top="0"]


Melhor Atriz Coadjuvante





careyCarey Mulligan (Inside Llewyn Davis)

Pró: Mulligan é uma atriz excelente e que nunca ganhou um Oscar, apesar de já ter concorrido a um por Educação, seu primeiro grande papel.

Contra: Há atrizes com papeis mais fortes nessa categoria.




j-lawJennifer Lawrence (American Hustle)

Pró: Ela é a Jennifer Lawrence e hoje ser Jennifer Lawrence é algo muito importante para a vida de uma atriz.

Contra: Ela ganhou Oscar o ano passado e também há atrizes com papeis mais fortes na categoria.

Votos da Redação: Rafael Dantas






lupitaLupita Nyong’o (12 Years a Slave)

Pró: Ela tem um papel forte e está em um dos filmes mais elogiados dos últimos tempos.

Contra: Quem é Lupita Nyon... como se pronuncia isso?




oprahOprah Winfrey (O Mordomo)

Pró: Oprah é uma das maiores personalidades dos Estados Unidos e está elogiadíssima nesse filme.

Contra: Oprah não é “nativamente” atriz e sim apresentadora, isso pode pesar contra ela.

Votos da Redação: Jefferson Navarim



m-streepMeryl Streep (August: Osage County)

Pró: Meryl Streep é sempre a favorita em tudo o que ela faz, mesmo Jennifer Lawrence “on fire” no último Globo de Ouro se espantou por ter ganhado de Meryl.


Contra: Margo Martindale está tão forte quanto ela no filme e isso pode acabar diluindo os seus votos.


Votos da Redação: Karina Rivelli


[divider top="0"]



Melhor Ator Coadjuvante





jletoJared Leto (The Dallas Buyers Club)

Pró: É só olhar para Leto em The Dallas Buyers Club para você entender quais são seus prós.

Contra: Em geral, Leto nunca foi um grande ator.




jgoodmanJohn Goodman (Inside Llewyn Davis)

Pró: Um ator coadjuvante em um filme dos irmãos Coen é sempre um sério concorrente a um Oscar.

Contra: É o papel mais fraco dos 5.






dbrulDaniel Bruhl (Rush)

Pró: Papel forte, interpretando Niki Lauda em algo quase biográfico, além disso, ainda está no forte filme O Quinto Poder.

Contra: Rush é um filme forte, mas não tem nem parte da força dos outros quatro concorrentes.




thanksTom Hanks (Saving Mr. Banks)

Pró: Tom Hanks interpretando Walt Disney? Sério... só não é o favorito por causa do próximo candidato.

Contra: Não há contras para esse papel.



mfassbenderMichael Fassbender (12 Years a Slave)

Pró: Um dos grandes favoritos desse Oscar, sabe daqueles que temos certeza que não vai perder? Pois é, esse é Fassbender aqui.

Contra: Nenhum

Voto da Redação:  Jefferson Navarim, Karina Rivelli e Rafael Dantas.

[divider top="0"]


Melhor Roteiro adaptado





bthiefA Menina que Roubava Livros

Pró: Nazismo e crianças, a fórmula certa para qualquer filme ir parar no Oscar. Outro pró séria o filme ser baseado em um enorme Best-Seller mundial.

Contra: Apesar de tudo, o filme ainda não recebeu tantas críticas positivas quanto se esperava.




bmidinightAntes da Meia Noite

Pró: Final de uma trilogia muito aclamado, mas sempre injustiçada pelo Oscar, pode haver uma vontade premiar esse roteiro, escrito pelos dois protagonistas e o diretor, para compensar isso. Plus é meu favorito na categoria.

Contra: Não há precedentes de um terceiro filme de uma trilogia não premiada (ou indicada) ganhando prêmios.

Voto da Redação: Jefferson Navarim






aosage-countyAugust: Osage County

Pró: O filme adapta ao cinema uma peça vencedora do Pullitzer e do Tony, de Tracy Letts, acho que isso já é mais do que um pró.

Contra: Não consigo pensar em um contra muito sério para esse filme, talvez apenas que ele tenha o look and feel de ADAPTAÇÃO nas cenas.




lwallstreetO Lobo de Wallstreet

Pró: O filme é baseado na autobiografia de Jordan Belfort, um corretor da Bolsa que cumpriu 20 anos de pena por se recusar a colaborar na investigação de uma fraude bancaria, isso soa interessante por si só, especialmente quando quem escreveu o roteiro foi Terrence Winter.

Contra: Nenhum contra, o filme parece genial.

Voto da Redação: Rafael Dantas



12-yas12 Years a Slave

Pró: O grande favorito até o momento, para todas as categorias, portanto é favorito para esse também, mas o roteiro é provavelmente um dos seus melhores atributos.

Contra: Nenhum contra.

Voto da Redação: Karina Rivelli

[divider top="0"]


Melhor Roteiro Original





ahustleAmerican Hustle

Pró: Filmes de David O. Russel costumam ter ótimos roteiros, e esse parece ser um dos seus melhores até o momento.

Contra: Infelizmente, David O. Russel não é muito sortudo com o Oscar.




bjasmineBlue Jasmine

Pró: Woody Allen, o mestre dos roteiros.

Contra: Woody Allen... o mestre em esnobar e ser esnobado pelo Oscar.






twwbThe Way Way Back

Pró: O que seria do Oscar sem seu filme indie do ano com roteiro fofinho?

Contra: O que seria do Oscar sem esnobar seu filme indie do ano com o roteiro fofinho?




mordomoO Mordomo

Pró: Um dos favoritos desde já, a crítica em geral adorou o filme, ainda que uns aclamem que ele é episódio demais para o Oscar.

Contra: A chance de ter Inside Llewyn Davis na competição.

Voto da Redação: Karina Rivelli



ildInside Llewyn Davis

Pró: Os irmãos Coen conseguiram novamente com Llewyn Davis, a crítica clama o filme como o melhor da carreira deles e diz que o roteiro é brilhante.

Contra: Tem um concorrente à altura com O Mordomo.

Voto da Redação: Jefferson Navarim, Rafael Dantas.

[divider top="0"]


Melhor Fotografia





capCapitão Phillips

Pró: Com cenas em alto mar e momentos de ação, a fotografia é assinada por Barry Ackroyd, mesmo de Guerra ao Terror e do ainda inédito Parkland.

Contra: Por ser uma produção de ação, pode acabar não revelando nada de surpreendente.




ghghffgfgfggfgfg12 Years a Slave

Pró: Com Benedict Cumberbatch e Michael Fassbender no elenco, a produção deverá ter inúmeras cenas difíceis pelo tema abordado, o que se torna uma missão: a de tornar bonito um momento dor. Efeito tocante para o público.

Contra: O seu único pecado é ter Gravidade como concorrente.







tamanhoRush

Pró: Só pelos trailers já se percebe uma produção cheia de detalhes e que com situações de alta velocidade e acidentes, além do mais Anthony Dod Mantle, o cara que cuida da fotografia já abocanhou um Oscar nessa categoria.

Contra: Mais um filme que Gravidade briga páreo a páreo.






iijijkoInside Llewyn Davis

Pró: Brunno Delbonnel é o nome por trás da fotografia da produção que deverá apresentar uma atmosfera mais escura e enfumaçada, mesmo nome que também assina um Harry Potter e O Fabuloso Destino de Amélie Poulain.

Contra: A mesma atmosfera escura e esfumaçada que pode ser o seu charme também pode ser o seu problema.




jhoifdjgbsGravidade


Pró: Filme do diretor Alfonso Curón, que esteve à frente de um dos filmes da franquia Harry Potter e do filme Filhos da Esperança, elogiado por sua fotografia e sendo indicado ao Oscar em três categorias.


Contra: Tem Sandra Bullock que parece ter ficado fora de forma para filmes mais sérios e também poder haver certo “nauseamento” por tantas cenas em meio ao espaço.


[divider top="0"]


Melhor Maquiagem





hujhO Mordomo

Pró: Por ter passagem de tempo no decorrer do filme poderá ser visto com bastante amplitude a capacidade da equipe em transformar os atores de acordo com a época apresentada.


Contra: Provavelmente não deverá abusar de grandes recursos de transformação, como grande quantidade de próteses.






jkjokOz – Mágico e Poderoso

Pró: Por se tratar de uma fantasia todo um estereótipo é montado como, por exemplo, com Rachel Weisz e Michelle Williams, que vivem as bruxas da história, apresentando assim um visual bastante satisfatório.


Contra: Assim como O Mordomo não há grandes ousadias e concorrer com as inúmeras próteses de O Hobbit pode pesar.









gyuguhgSaving Mr. Banks

Pró: É Disney né! Além disso, Tom Hanks e Emma Thompson tem apresentado uma caracterização bem especial nos trailers. Thompson por sinal está bem próxima da verdadeira P. L. Travers.


Contra: O fato de Tom Hanks interpretar o grande Walt Disney sem se assemelhar tanto pode pesar contra.








hgvbhjbA Vida Secreta de Walter Mitty

Pró: Ben Stiller deverá oscilar em todo filme entre vários ambientes e momentos, dentre os quais tanto pode estar com ou sem barba, em um dia de sol ou de neve, fator esse que pode render grandes surpresas na caracterização.


Contra: A maquiagem se tornar algo exagerado ao longo do filme.






kmlemgO Hobbit – A Desolação de Smaug

Pró: Não precisa de muitos motivos né, só os anões os pés peludos e todo o trabalho fantástico com as próteses já apresentadas no primeiro filme, merecem um bom reconhecimento.


Contra: Qualquer fator no filme que faça perde a “naturalidade” já conhecida na primeira parte.


[divider top="0"]


Melhor Animação





mkvsdmvUniversidade Monstros

Pró: Já é um sucesso Pixar conhecido em todos os sentidos, até mesmo o bom histórico de produções do estúdio, dando talvez uma chance de liberdade a mais a execução do projeto.


Contra: Nesse caso uma faca de dois gumes, o fato de não ser novidade pode ser ponto contra.






jhbdaFrozen – O Reino Congelante

Pró: É uma produção Disney, que na maioria das vezes é grande “sedutor” para o público, além de elementos como a inspiração em um conto.


Contra: Apesar da história diferente tem um que de “Enrolados” na sua produção.









jklMeu Malvado Favorito 2 

Pró: Outro sucesso constatado! Pode ser que dessa vez os críticos olhem com outros olhos a animação e resolva fazer a alegria da turma que adora os miníons.


Contra: Mesma situação do Universidade Monstros, não é novidade para o público e crítica.








klwmvErnest & Celestine

Pró: Sai da linha de produções que estamos acostumados a ver, assim como The Wind Rises.


Contra: Concorrer com The Wind Rises e não ter sido melhor divulgado.






nrksmgThe Wind Rises

Pró: É o queridinho da crítica e público principalmente por ser uma obra de Hayao Miyazaki, figura essa que já abocanhou o Oscar com A Viagem de Chihiro, nessa mesma categoria em 2003.


Contra: Apesar da receptividade com a produção, o filme de Miyazaki não segue os padrões da indústria que vemos atualmente no ramo da animação, prova disso são os seus concorrentes


[divider top="0"]

Melhor Figurino





figurino-5Mary Zophres (Inside Llewyn Davis)

Pró: Mais um da lista com um figurino de época, Inside Llewyn Davis (Inside Llewyn Davis – Balada de um Homem Comum) exigiu de Mary Zophers trabalho de pesquisa já que o longa-metragem se passa por volta dos anos 60 e registra a rotina do universo da música. Se notar até a cor das roupas é coerente com o clima que Inside Llewyn tem, sem cores muito fortes e alegres.

Contra: Não há nada muito diferente para se ver.




figurino-4Daniel Orlandi (Saving Mr. Banks)

Pró: Com missão de fazer parte da caracterização de um filme onde Wal Disney é representado, o trabalho de Daniel Orlandi em Saving Mr. Banks (Walt nos Bastidores de Mary Poppins) levou aos cinemas figurinos ao maior estilo anos 60 sem deixar a desejar, visivelmente bonito.

Contra: O fato de não ser tão inovador, por ser uma época também bastante explorada pode diminuir bastante a chance de Orlandi levar essa.






figurino-3Michael Wilkinson (American Hustle)

Pró: Com todo o glamour que os anos 70 tiveram, Michael Wikilson teve em American Hustle (A Trapaça) a missão de trabalhar com uma época por diversas vezes explorada pelo cinema. Mas como se pode perceber na produção soube fazer bem o serviço, além de também apostar em marcas famosas como Gucci e Fiorucci que deram mais sensualidade as belas Amy Adams e Jenniger Lawrence. O figurinista também está concorrendo na mesma categoria no Critics Choice Awards.

Contra: Talvez o fato de ser uma época tão explorada para o mundo hollywoodiano, apesar da beleza e apelo do trabalho de Wilkinson seja só mais um em meio a tantos outros bons.




figurino-2Patricia Norris (12 Years a Slave)

Pró: Já tendo ganhado um Oscar nessa mesma categoria e sendo mais uma que está disputando na mesma categoria no Critics Choice Awards, o trabalho de Patricia Norris foi minucioso já que ela levou as telas uma época difícil para a história e de moda bem diferente da atual, principalmente para as mulheres. Sem glamour, mas com um grande trabalho histórico por trás.

Contra: Norris concorre com outros nomes que estão envolvidos com produções pomposas, cheias de beleza e que até receberam influencia de grandes nomes e marcas do universo da moda atual.




figurino-1Catherine Martin (The Great Gatsby)


Pró: O figurino de The Great Gatsby (O Grande Gatsby) de Catherine Martin se jogou nas telas com muito requinte e beleza, talvez pela parceria especial com Miuccia Prada, um ícone para o mundo da moda. Os anos 20 foram muito bem representados nesse sentido, principalmente para a ala feminina que pôde desfilar inúmeros modelos que viraram desejo de muita gente do mundo “real”. Martin também está na disputa pela mesma categoria no Critics Choice Awards.


Contra: Não há um contra, foi um trabalho muito bem executado o seu problema é simplesmente ter concorrentes.


[divider top="0"]




Melhor Canção





cancao-5"Atlas" (The Hunger Games: Catching Fire - Coldplay)

Pró: Com interpretação da galera do Coldplay, que está em fase de hiato, “Atlas” de The Hunger Games – Catching Fire (Jogos Vorazes – Em Chamas), traz em sua letra referências a saga enfrentada por Katniss (Jennifer Lawrence), além de vir acompanhada por uma bonita melodia.

Contra: Não tem!




cancao-4"I See Fire" (The Hobbit: The Desolation of Smaug, Ed Sheeran)

Pró: Com a composição de Howard Shore, pessoa que já levou três Oscars da Academia, “I See Fire”, interpretada pela revelação britânica Ed Sheeran, The Hobbit: The Desolation of Smaug (O Hobbit – A Desolação de Smaug), traz referências ao filme desde o seu título até a sua última estrofe.

Contra: A quem tenha achado que a produção merecia “mais”.






cancao-3"Ordinary Love" (Mandela: Long Walk To Freedom, U2)

Pró: Com um refrão que diz: “Are we tough enough for ordinary love?” (Somos fortes o suficiente para um amor simples?), o grande U2 bota a garganta em “Ordinary Love” para Mandela – Long Walk To Freedom e de forma simples faz parte de uma produção lançada no período em que Nelson Mandela faleceu, passando uma das grandes mensagens do líder sul-africano, amor.

Contra: O fato de ser uma canção simples sem grande impacto pode fazer perder espaço.




cancao-2"Let It Go" (Frozen, Robert Lopez & Kristen Anderson-Lopez)- Demi Lovato

Pró: Interpretada pela musa teen Demi Lovato, “Let It Go” de Robert Lopez & Kristen Anderson para a animação Frozen (Frozen – Uma Aventura Congelante), traz o apelo necessário e ainda “narra” o drama enfrentado pela personagem principal. Além disso, é fácil perceber só pela melodia que se trata de mais uma produção Disney.

Contra: Mais um “clássico” Disney entre tanto outros bem mais marcantes.



cancao-1"Young & Beautiful" (The Great Gatsby, Lana Del Rey)


Pró: Forte, dramática e com certo tom sensual, "Young & Beautiful" em The Great Gatsby, interpretada pela bela e talentosa Lana Del Rey é sem dúvida poderosa e coerente com a trama do filme. Com muito drama, questionamentos e uma excelente melodia.


Contra: Não tem!


[divider top="0"]



Melhor Diretor





diretor-5Martin Scorsese (The Wolf of Wall Street)

Pró: Já sendo dono de uma estatueta, Martin Scorsese em The Wolf of Wall Street (O Lobo de Wall Street) trouxe às telonas toda a vivacidade que a trama pediu sem falar que ele trabalha novamente com o talentoso Leonardo DiCaprio que selou muito bem o bom trabalho do diretor.

Contra: Alfonso Cuáron na cola




diretor-4Joel & Ethan Coen (Inside Llewyn Davis)

Pró: A dupla certeira dos irmãos Joel & Ethan Coen arriscaram com Inside Llewyn Davis (Inside Llewyn Davis) e foram muito bem. Bonito, objetivo e emocionante é um trabalho que vale a pena assistir. Sem falar que eles já têm alguns Oscars na prateleira.

Contra: A trama que eles dirigem não é tão marcante quanto à maioria dos outros concorrentes.

Votos da Redação: Rafael Dantas






diretor-3Steve McQueen (12 Years a Slave)

Pró: Com um grande contexto histórico sobre o período da escravidão e sem falar no grande elenco, Steve McQueen assina 12 Years a Slave trazendo para o público um direcionamento objetivo e dramático para a história de Solomon Northup.

Contra: Dirigir um tema por tantas vezes retratado nos cinemas.




diretor-2Paul Greengrass (Captain Phillips)

Pró: Já tendo sido nomeado ao Oscar, Paul Greengrass tem em Captain Phillips mais uma chance de quem sabe, abocanhar a estatueta, afinal filmar em um navio e passar com realidade e emoção cenas de ameaça não é tão simples e foi o que ele soube fazer.

Contra: Tem Alfonso Cuarón com Gravidade como concorrente.



diretor-1Alfonso Cuarón (Gravity)


Pró: Não há como discutir, Gravity (Gravidade), de Alfonso Cuarón está super bem cotado com o público e com a crítica e tudo isso graças ao excelente trabalho do diretor mexicano que soube explorar uma trama de poucos atores e falas ambientada em um universo que é um grande enigma para a humanidade, o espaço.


Contra: Não tem!


[divider top="0"]



Melhor Atriz




capa 1Emma Thompson (Walt nos Bastidores de Mary Poppins)


Pró: Emma Thompson leva a vantagem da necessidade de uma boa caracterização em Walt nos Bastidores de Mary Poppins (Saving Mr. Banks), o que ajuda muito e ainda estar interpretando alguém que existiu e ajudou muito ao universo Disney. Além disso, com anos de carreira Thompson já é pra lá de reconhecida.


Contra: Apesar de ser o foco de Walt vivido por Tom Hanks, Thompson pode ter a sua atuação encoberta pelo carisma do ator frente às telas.






capa 3Cate Blanchett (Blue Jasmine)

Pró: Só pelo fato de Cate Blanchett estar estrelando um filme de Woody Allen já é um grande motivo para a loira conquistar a estatueta. Mas como nem tudo fácil assim, também vale ressaltar a boa atuação de Blanchett como a complicada socialite de Nova Iorque.

Contra: É um filme que não cativa a muitos gostos, um drama cheio de curvas focado nos problemas de uma única personagem.






capa 4Kate Winslet (Refém da Paixão)

Pró: A eterna Rose de Titanic, Kate Winslet já arriscou em vários tipos de trabalho e em Refém da Paixão (Labor Day), apesar de o título nacional parecer mais uma novela das oito, traz um drama intenso e com pitadas de ação, por conta de Josh Brolin, que também está no filme. Com quase 40 anos Winslet apresenta um trabalho maduro.

Contra: O filme não é nenhum queridinho da Academia o que pode fazer o trabalho de Winslet ser visto como “apenas mais um”.




capa 5Judi Dench (Philomena)

Pró: A mais velha da lista, Judi Dench encara mais um drama com Philomena e pode explorar a vontade toda a candura que os anos de vida a deram na aparência e viver a personagem título em busca de seu filho perdido e tocar o coração do público.

Contra: Sendo indicada poderá ser concorrente de Sandra Bullock no também elogiado pela crítica Gravidade.



Previsões - Oscar 2014Sandra Bullock (Gravidade)


Pró: Gravidade deu a oportunidade de Sandra Bullock apresentar uma atuação que há muito tempo ela não apresentava, além do mais o drama envolvendo a personagem abre uma boa brecha para ser a “queridinha” de Hollywood em 2014. Também vale ressaltar que a crítica está rasgando elogios à atriz.


Contra: É a Sandra Bullock e o passado dela a condena com trabalhos que não chegaram nem perto de serem bons.


[divider top="0"]



Melhor Ator





capa9Chiwetel Ejiofor (12 Years a Slave)

Pró: Com um super destaque em uma trama que trata da escravidão e tem um elenco estelar, Chiwetel Ejifor em 12 Years a Slave, tem a chance de ouro de alavancar a carreira com um papel marcante e que deve ter exigido muito fisicamente e psicologicamente do ator, ou seja, pode se preparar para ver uma atuação marcante.

Contra: De certa forma ainda é um tanto novato na área e disputar com os nomes presentes nessa lista pode ser uma batalha perdida.

 




capa7Matthew McConaughey (Dallas Buyers Club)


Pró: Novamente se superando, Matthew McConaughey mostra mais uma vez a sua versatilidade perante as câmeras e o seu potencial de transformação física, se transformando em um heterossexual com HIV em um período onde a doença era considerada de homossexual em Dallas Buyers Club. O ator emagreceu 22 quilos para o personagem.

Contra: McConaughey vive perdendo peso para algum trabalho, talvez tal esforço não seja tão valorizado agora.






capa 10Leonardo DiCaprio (O Lobo de Wall Street)

Pró: Queridinho de Hollywood, Leonardo DiCaprio, em O Lobo de Wall Street encarna um personagem real e polêmico. Com seu carisma e levantadas de sobrancelhas ele se joga na tela como um banqueiro desonesto e gosta de farra. Vindo de filmes como O Grande Gatsby e Django Livre, DiCaprio mostra que pode atuar em qualquer gênero que tudo dá certo.

Contra: Tem como concorrente Tom Hanks e os quilos a menos de Matthew McConaughey, se passar por eles a estatueta deve ficar com ele.




capa 6Robert Redford (All Is Lost)

Pró: Veterano nas telonas, Robert Redford em All Is Lost tem a grande missão de levar um filme inteiro sozinho, afinal perdido no mar não conta com muitos artifícios para “encher” a trama, é ele e mais ninguém. A atuação de Redford no filme bem aceito pela crítica dá a chance ao público de sentir junto com ele toda a agonia do personagem.

Contra: Redford fazer parte de um projeto que traz pontos já batidos em produções que envolvam o mar, como tempestades, tubarões e naufrágio.



capa8Tom Hanks (Capitão Phillips)


Pró: Tom Hanks poderia estar nessa lista por Walt nos Bastidores de Mary Poppins (Saving Mr. Banks), até porque os dois estão bem empatados quanto às críticas, que por sinal a maioria fala positivamente de ambos, mas vamos apostar em Capitão Phillips e na força de uma atuação dramática diante do enredo intenso e exigente fisicamente.


Contra: Dois trabalhos bem elogiados nas mãos só que com estilos e histórias completamente distintas.


[divider top="0"]



Melhor Efeito Especial





o hobbitO Hobbit: A Desolação de Smaug

Pró: Com o dragão e muitos lugares diferentes, a sequência O Hobbit – A Desolação de Smaug cumpre bem a missão de nos fazer crer que tudo aquilo existe. Sem falar em toda a parafernália de novos equipamentos que Peter Jackson utilizou para que a parte de efeitos visuais ficasse ainda melhor.

Contra: É uma sequência e se o primeiro não levou é difícil que esse leve já que o trabalho nesse quesito é bem semelhante.




pacificCírculo de Fogo

Pró: Mostrando a Terra sendo invadida pelos monstros gigantes, chamados Kaiju e robôs gigantes para combater esse mal, Círculo de Fogo, com direção de Guillermo Del Toro tem CGI para dar e vender. E para falar a verdade esse quesito é um dos mais interessantes para se notar na produção que não foi amada por todos.

Contra: Não tem. Entregou o que prometeu!






starAlém da Escuridão – Star Trek

Pró: Muita ação, explosões e variados ambientes fazem assim como nos outros filmes aqui presente um prato cheio para a computação gráfica. Quem assistiu não tem do que se queixar nesse assunto quanto à Além da Escuridão – Star Trek.

Contra: Há outras produções bem mais potentes nesse âmbito na corrida pela estatueta.




ferroO Homem de Ferro 3


Pró: Em meio a tantos, O Homem de Ferro 3 (Iron Man 3) é o representante no time dos heróis, com suas inúmeras armaduras, muitos voos, explosões e alguns socos. Com um desfecho que deixou muitos fãs despontados, os efeitos visuais fazem o caminho inverso e se mostram com boa qualidade.

Contra: As cenas mais importantes e que provavelmente mais demandaram o uso dos efeitos fica no “lugar comum” se comparado com Gravidade.



gravidadeGravidade

Pró: Tomado por muita computação gráfica, Gravidade (Gravity) de Alfonso Cuáron realmente te deixa bem próximo de acreditar que aquelas cenas foram rodadas no espaço e que as explosões estão literalmente na sua cara.


Contra: Com efeitos bem potentes toda essa produção pode lhe causar efeitos físicos não tão interessantes.


[divider top="no"]




Melhor Filme Estrangeiro





broken circleBélgica, The Broken Circle Breakdown, Felix van Groeningen


Pró: Muito bem avaliado pela crítica especializada, a trama de The Broken Circle Breakdown é intensa e interessante, sem deixar de lado o drama que também dita o ritmo de tudo.

Contra: Mais um drama cheio de conflitos de relacionamento.

 




belezaItália, A Grande Beleza (The Great Beauty), Paolo Sorrentino


Pró: Uma boa e absurda viagem! É assim que A Grande Beleza pode ser vista, de maneira leve e estrelada por um ator mais novo do que o personagem que interpreta, a produção é uma ótima opção para quem anda quase órfão de boas coisas vindas do cinema italiano.

Contra: Se olhar de certo ângulo é quase um “rei do camarote”.






omar 6Palestina, Omar, Hany Abu-Assad


Pró: Levando para a tela grande o drama dos palestinos sob a ocupação de Israel, Omar de Hany Abu-Assad traz essa situação política envolvida com a história de um casal apaixonado e que tem de enfrentar muitos obstáculos.

Contra: A polêmica religiosa e política pode quem sabe, tirar a sua chance.




o grandeHong Kong, O Grande Mestre (The Grandmaster) Wong Kar-wai


Pró: O Grande Mestre é o retorno de Wong Kar-wai as artes marciais. Tal volta é muito bem vinda já que as cenas apresentadas e a beleza geral do filme é arrebatador, além de muitos closes. Vale a pena!

Contra: Nem sempre as cinebiografias são tão reconhecidas.



a caçaDinamarca, A Caça (The Hunt), Thomas Vinterberg


Pró: Tem como protagonista o ator do seriado Hannibal, Mads Mikkelsen e explora um drama bastante forte, além de uma temática igualmente polêmica. Além da direção de Thomas Vinterberg.


Contra: Não tem! É um filme que gera muito interesse de chegar ao desfecho


[divider top="0"]




Melhor Filme





OscarTrapaça (David O. Russell)

Pró: Com a assinatura de David O. Russell, que já pode se considerar queridinho da Academia, após a indicação de outras produções, Trapaça (American Hustle), trouxe as telas uma química entre os atores que em muito ajuda na qualidade final do filme. Além disso, a atuação desses atores deve render a Trapaça indicações em outras categorias.

Contra: Ter Gravidade no calcanhar!

 




Oscar12 Anos de Escravidão (Steve McQueen)


Pró: Trazendo aos cinemas uma época sombria da história, 12 Anos de Escravidão (12 Years a Slave) já ganhou prêmio no Festival de Toronto e foi um dos selecionados para o Festival de Telluride, provas de que a obra assinada por Steve McQueen e que tem Chiwetel Ejiofor, Michael Fassbender, entre outros é um grande concorrente.

Contra: Concorrer com outros filmes tão bons como Gravidade e Trapaça, com temas tão distintos.






OscarO Lobo de Wall Street (Martin Scorsese)


Pró: Para começo de conversa essa não seria a primeira vez que Martin Scorsese veria um filme seu ser indicado à estatueta, outra é que O Lobo de Wall Street (The Wolf of Wall Street) sob a direção do experiente cineasta e o ótimo trabalho de Leonardo DiCaprio seduzem e prendem e muito quem o assiste.

Contra: Mesmo baseada em uma história real a quem ache que a trama sobre o corretor foi glamurizada demais.




OscarCapitão Phillips (Paul Greengrass)

Pró: Estrelado pelo experiente Tom Hanks, com direção de Paul Greengrass, o mesmo de A Supremacia Bourne, Capitão Phillips (Captain Phillips) leva ao público muita tensão e vontade de assistir mais. É o tipo de filme que faz você sentir a emoção que está sendo retratada.

Contra: Talvez a pouca oportunidade em improvisar mais por se tratar de um filme baseado em uma história real.



Oscar Gravidade (Alfonso Cuáron)


Pró: Não há como negar, Gravidade (Gravity) de Alfonso Cuáron é sucesso de críticas. Com Sandra Bullock encabeçando a trama ao lado de George Clooney a produção mesmo com os seus efeitos nauseativos é boa de qualquer forma. Bons efeitos visuais, boa continuidade, enfim, sucesso.

Contra: Os tais efeitos nauseativos!

[divider top="0"]



Previsões - Oscar 2014


EM BREVE


Atriz Coadjuvante
Ator Coadjuvante
Roteiro Original
Roteiro Adaptado
Documentário (em breve)
Fotografia
Maquiagem
Direção de Arte (em breve)
Trilha Sonora
Montagem (em breve)
Figurino
Efeitos Especiais
Canção
Trilha Sonora
Filme Estrangeiro
Animação
Diretor
Atriz
Ator
Filme

[divider top="0"]
Patreon de O Vértice