Os 10 Jogos mais esperados da próxima geração

A próxima geração de consoles está batendo a nossa porta e sempre o que mais chama atenção nessas mudanças de geração, são, é claro, os jogos. Para quem ainda não está tão por dentro assim de todos os jogos que irão lançar para os novos consoles, segue nossa lista para os 10 jogos mais esperados da próxima geração.


Lembrando que como são apenas 10, tivemos que deixar jogos que parecem incríveis de fora como Titanfall, Resogun, The Order: 1886, Gran Turismo 6, The Crew e outros, sem contar Kingdom Hearts 3 que foi anunciado, mas não teve nenhum detalhe revelado além de uma CGI fingindo ser o gameplay, por isso também não consta na lista.


Relacionado: Leia outros Top 10 do EendPop!


Outra regra da nossa lista é que apenas jogos confirmados estão valendo, ou seja, nada de The Elder Scrolls 6 ou Fallout 4 só para dar exemplo de coisas que sabemos que irão surgir, mas não sabemos quando ou como.


Então, veja na próxima página nossa 10° posição e não esqueça de deixar nos comentários suas opiniões sobre seus jogos mais esperados para a próxima geração.



10 – Project Spark


[column size="2-3" last="0" style="0"]


Lançamento: Sem previsão
Plataforma: Xbox ONE e Xbox 360 (Exclusivo)
Sobre: Project Spark é simplesmente um dos jogos mais perigosos para a indústria dos games hoje, ok, talvez nem tanto, mas você lembra que a indústria já entrou em colapso na época do cartucho em que todos podiam fazer jogos e publicar em consoles e tudo mais? Então, se na época pré-internet isso foi um problema, imagine hoje, que o conhecimento de tudo está a alguns cliques de distancia?


Mas para você que não entendeu, Project Spark nada mais é do que um jogo de criar jogos, que não por acaso é de GRAÇA. Sim, apesar de não ter data anunciada para lançamento ainda, já foi anunciado que ele será gratuito.


No jogo você pode criar um ...jogo com uma interface extremamente simples, mas não limitada, imagina você masterizando a Unity para criar um game bacaninha? Pois é, Project Spark é mais ou menos isso só que você vai conseguir fazer sem estudar nada e ainda se divertindo. Dentre as diversas coisas que você pode fazer no Project Spark é criar um inteligência artificial para os personagens e inimigos (semelhante ao esquema usado em Final Fantasy 12), criar cenários em mundos sem limite de tamanho, criar modos de jogo e modos de batalha, criar movimentos para os personagens, no melhor estilo Motion Capture, só que usando o Kinect 2 e diversas outras coisas que nem chegaram a ser mostradas.


Project Spark será uma ferramenta criativa sem precedentes para a indústria dos Games, para não dizer uma revolução na mesma.


[/column]

[column size="1-3" last="1" style="0"]spark [/column]

Trailer:





9 – Destiny


[column size="1-3" last="0" style="0"]Destiny [/column]


[column size="2-3" last="1" style="0"]


Lançamento: Inicio de 2014
Plataforma: Playstation 4 e Xbox ONE
Sobre: Destiny, da Bungie é um jogo de ação dos mesmos criadores de Halo, ambientado em um futuro misterioso. Nele você encontra um personagem único e poderoso, dentro de um jogo feito realmente para quem curte jogar, além de um universo online bastante amplo, que se aproxima do estilo MMO, porém com certas limitações.


[quote style="1"]Fizemos este game desde o princípio pensando em torná-lo social e cooperativo. Ele não chega a ser um RPG online ou massivo, mas tem uma espécie de mundo compartilhado” - disse Jon Jones, da Bungie ao IGN.[/quote]


Para quem quer saber mais sobre Destiny, entenda que ele foi construído baseado em sete pilares, são eles: “Um mundo onde os jogadores querem estar”, “Um monte de coisas para se fazer”, “Recompensas que o jogador se importa”, “Uma nova experiência por dia”, “Compartilhar com outras pessoas”, “Divertido para todos os tipos de habilidades” e “Divertidos para distraídos e impacientes”.


Em Destiny, a chegada de Traveler (viajante) começa uma Era de Ouro em que nossa civilização domina o Sistema Solar.Contudo a hegemonia não dura muito, quando uma força derruba a humanidade, e os sobreviventes tem de criar uma cidade subterrânea, último ponto seguro da Terra, enquanto a superfície fica repleta de inimigos. O jogador será um guardião da cidade, capaz de controlar grande poder.


[/column]


Trailer:



8 – Dragon Age – Inquisition


[column size="2-3" last="0" style="0"]


Lançamento: 2014 (lançamento)
Plataforma: PC, PS3, PS4, Xbox 360 e Xbox One
Sobre: Dragon Age: Inquisition é a sequência de Dragon Age: Origins e Dragon Age II e está atualmente em desenvolvimento pela BioWare.


O game teve seu lançamento adiado em 1 ano para dar tempo aos desenvolvedores fazerem o melhor possível para os jogadores. Segundo os desenvolvedores, o game apresentará o melhor dos anteriores da série, para isso usaram a opinião e as críticas dos próprios jogadores. O que está chamando a atenção é o sistema de batalhas que vêm sendo aperfeiçoando cada vez mais na série de games.


O game ainda trará recursos bem práticos e interessantes como o Dragon Keep que permitirá que os jogadores transportem seus jogos salvos de uma plataforma para outra e ainda faça as escolhas dos games anteriores valerem para o novo game, mudando assim o curso da história do game de acordo com o que fizeram nos games anteriores.


[/column]

[column size="1-3" last="1" style="0"]dragon-age [/column]

Trailer:





7 – Metal Gear 5


[column size="1-3" last="0" style="0"]mg5 [/column]

[column size="2-3" last="1" style="0"]

Lançamento: Não Divulgado
Plataforma: PC, PS3, PS4, Xbox 360 e Xbox One
Sobre: Metal Gear Solid 5 foi oficialmente anunciado por Hideo Kojime em um painel da GDC 2013. Será dividido em duas partes: Ground Zeroes e The Phantom Pain. O jogo terá um mundo aberto e seu início mostra o protagonista Snake acordando de um longo período de coma. Infelizmente o ator David Hayter não participará da dublagem de Snake em Metal Gear Solid 5.


Metal Gear Solid V vai permitir que os jogadores abordem as situações de formas variadas. De dia, por exemplo, podem existir mais guardas e a ausência de sombra. A noite, a escuridão oferece um esconderijo, mas também pode ser uma armadilha, já que não é possível ter uma visão ampla do que está ao seu redor. Kojima chama o game de “simulador realista de infiltração”.


O que mais chama a atenção é que será um Metal Gear se passando em um mundo aberto, aumentando assim as possibilidades de quem está jogando. Os jogos da franquia sempre foram ótimos nesse quesito de deixar a pessoa escolher a melhor maneira de agir, mas nesses novos games parece que isso vai ser muito mais explorado por conta de ser mundo aberto.


 [/column]


Trailer:





6 – Final Fantasy 15


[column size="2-3" last="0" style="0"]


Lançamento: Só deus sabe
Plataforma: Xbox ONE e PS4
Sobre: O jogo que hoje se chama Final Fantasy 15 já se chamou por um bom tempo Final Fantasy 13 – Versus, quando foi anunciado pela primeira vez lá em 2006 na E3 pela Square Enix. O jogo virou quase que uma lenda Urbana dos videogames, assim como Half Life 3 e The Last Guardian, mas ao que tudo indica, se você ainda pode confiar na Square para alguma coisa, Final Fantasy 15 será lançado na próxima geração, provavelmente em 2014, mas sem promessas quanto a datas.


Isso é interessante porque prova como a Square jogou tanto dinheiro e tempo fora em Final Fantasy 13, que ela com o 15 perdeu a tradição de 3 FFs por console, como foi o caso dos Final Fantasy 7, 8 e 9 no Playstation 1 e os Final Fantasy 10, 11 e 12 no Playstation 2.


Final Fantasy 15 que só vai sair para o Playstation 4 e Xbox ONE e será criado totalmente na revolucionaria engine Luminous Engine, que foi usada para criar o título Agnis Philosophy do qual nós aqui do EdenPop tanto falamos.


Não sei se dá para confiar na Square para fazer esse FF ser tudo o que um FF tem que ser, não depois de todos os erros que ela cometeu, mas se depois desse jogo e de Kingdom Hearts 3, também prometido, mas sem detalhes, ela não acertar, acho que fechar as portas vai ser a melhor opção possível.


[/column]

[column size="1-3" last="1" style="0"]ff15 [/column]

Trailer:





5 – The Division


[column size="1-3" last="0" style="0"]the-division [/column]

[column size="2-3" last="1" style="0"]

Lançamento: 2014 (Data não confirmada)
Plataforma: PC, Xbox One e PS4
Sobre: The Divison será um MMO de tiro táctico jogado em terceira pessoa em mundo aberto com características de um RPG de ação. Está sendo desenvolvido pela Ubisoft sobre a marca Tom Clancy.


No jogo, uma doença que se espalha faz com que os Estados Unidos entre em colapso em apenas cinco dias. O jogador faz parte de um grupo de pessoas não infectadas, que foi criado para combater a ameaça e fazer o que for preciso para "salvar o que resta" de uma sociedade que está em colapso, em situações massivas de multiplayer online, colocando-o contra amigos, e outros jogadores.


Realmente o que chama a atenção são os gráficos, já que na maioria dos jogos MMO online isso sempre fica de lado. Os gameplays liberados até agora mostram muito realismo e ação. Provavelmente será o primeiro MMO online de ação/tiro realmente bem feito em jogabilidade e gráficos, já que os poucos que existem nesse gênero não fizeram tanto sucesso.


 [/column]


Trailer:





4 – Ryse – Son of Rome


[column size="2-3" last="0" style="0"]


Lançamento: Novembro de 2013
Plataforma: Exclusivo para Xbox One
Sobre: Anteriormente conhecido como Codename Kingdoms e Ryse, Ryse - of Rome é um game que aparenta ter ótimos gráficos ficando ainda melhor com a deslumbrante mistura entre ação e aventura, onde Marius Titus embarca em uma missão heroica para vingar a morte de sua família e preservar a honra de Roma, a todo custo.


Ryse - Son of Rome conta a história de Mário Tito, um jovem soldado romano que testemunha o assassinato de sua família nas mãos de bárbaros bandidos, em seguida, viaja com o exército romano para Britannia em busca de vingança. Subindo rapidamente na hierarquia, Marius deve tornar-se um líder de homens e defensor do Império em sua busca de vingança - um destino que ele logo descobre que só pode ser cumprido muito mais perto de casa.


A história é descrita como "um conto épico de vingança abrangendo toda uma vida". A Crytek ainda confirmou 15 personagens de nível herói com os mesmos detalhes de Marius. Os jogadores poderão controlar Marius usando o controlador e simultaneamente, controlam sua legião através de comandos de voz do Kinect. O game também apresenta uma recriação cinematográfica do Império Romano em detalhes de tirar o fôlego a partir do extremo norte da Britannia, ao Coliseu e no coração de Roma.


[/column]

[column size="1-3" last="1" style="0"]ryse [/column]

Trailer:




3 – Assassin’s Creed 4 - Black Flag


[column size="1-3" last="0" style="0"]ac4 [/column]


[column size="2-3" last="1" style="0"]


Lançamento: Novembro de 2013
Plataforma: Xbox One, Playstation 4, Wii U, PC, Xbox 360 e Playstation 3.
Sobre: Assassin's Creed 4 - Black Flag é o novo game da famosa franquia da Ubisoft, dando continuidade à história de uma linhagem milenar de assassinos que influencia secretamente os rumos da humanidade. Em Black Flag, o protagonista será o pirata/assassino Edward Kenway, avô de Connor, protagonista de Assassin's Creed 3.


Uma das novidades de Assassin’s Creed 4 é que os jogadores iniciarão o jogo com um navio simples podendo ser melhorado no decorrer do jogo, acrescentando armas e equipamentos. Também será necessário que o jogador evolua o seu navio antes de tentar uma incursão em portos fortemente guardados.


De acordo com o gestor de conteúdo da Ubisoft, os jogadores poderão escolher o que fazer e quando fazer, atacar navios, procurar tesouros, vai da vontade de cada um, sem é claro esquecer o objetivo principal. Outro ponto é que ao iniciar o jogo encontraremos um mundo aberto, onde não será necessário viajar a todos os locais para que eles sejam destravados, o mapa estará aberto desde o principio.


O interessante fica pelo fato de que dessa vez Assassin’s Creed 4 terá influências de Far Cry 3 e que até membros da equipe do jogo de tiro trabalharam no novo jogo da franquia.


Alguns fãs da franquia Assassin’s Creed perderam a fé na franquia depois do 3° jogo, mas particularmente aqui no EdenPop achamos que esse 4° game será de longe o melhor da série.


[/column]


Trailer:





2 – The Witcher 3 – Wild Hunt


[column size="2-3" last="0" style="0"]


Lançamento: 2014
Plataforma: Playstation 4, Xbox ONE e PC
Sobre: Com certeza The Witcher 3 é o maior e mais ambicioso projeto da CD Projekt Red até o momento, o jogo, que foi prometido ter um mundo aberto que é até 20% maior que o Mundo de Skyrim, será o último game contando as aventuras de Geralt of Rivia.


Com certeza Skyrim é um jogo que todos amam e muitos dizem que é o melhor jogo já feito, mas é fato que a Bethesda apesar de fazer jogos incríveis, faz jogos quebrados, então dá para sonhar que The Witcher 3 – The Wild Hunt, será tão bem ambientado quanto Skyrim, mas com a vantagem de que foi a CD Projekt Red quem fez, e a CD Projekt Red tem fama de ter um zelo descomunal com suas obras.


O jogo deve ter em media 50 horas de jogo e pelo menos 3 finais diferentes. Ao que tudo indica, você também poderá de algum modo importar saves dos games da geração anterior e isso vai influenciar na narrativa, na forma que certos personagens aparecerão e como eles vão agir em relação a Geralt, ainda que isso não altere a história principal. O ambiente do game também vai variar de acordo com as horas, especialmente na divergência de dia e noite e a IA dos NPCs estarão mais dinâmicas.


“Essa será a experiência suprema em um RPG de Fantasia!” – disse Adam Badowski, uma declaração que fez com que esse jogo quase levasse o primeiro lugar e com certeza fez o pessoal da Bethesda se coçar com o desafio lançado.


[/column]


[column size="1-3" last="1" style="0"]witcher [/column]

Trailer:





1 – Watch Dogs


[column size="1-3" last="0" style="0"]Jogos mais esperados da próxima geração [/column]


[column size="2-3" last="1" style="0"]

Lançamento: 19 de novembro de 2013
Plataforma: PC, PS3, PS4, Xbox 360, Xbox One e WiiU
Sobre: O ambiente de Watch Dogs é urbano se passando em Chicago e a trama do jogo envolve hackers. A história do jogo começa com um apagão nos EUA, possivelmente provocado por cibercriminosos e esse ataque leva o governo norte-americano a criar a rede CTOS.


Watch Dogs explora o impacto da tecnologia na nossa sociedade. Usando a cidade como sua arma, começará uma missão pessoal para impor a sua própria marca da justiça. Você joga com Aiden Pearce, um hacker brilhante e ex-bandido, cujo passado criminoso levou a uma violenta tragédia familiar. Enquanto busca justiça para esses eventos, poderá monitorar e hackear todos ao seu redor através da manipulação dos CTOS a partir da palma da sua mão.


Watch Dogs com certeza é o mais esperado por muitas pessoas, tanto pelos gráficos, como pela jogabilidade, ação e por ser mundo aberto com todas as qualidades já ditas.


Provavelmente será uma franquia tão grande como Assassin’s Creed, ou até maior, já que a Ubisoft pretende utilizar a franquia por 10 anos. Então podemos esperar muita coisa dessa grande e futura franquia da Ubisoft.


[/column]


Trailer:


Patreon de O Vértice