Promessa do Cinema - Alice Englert

Vemos todos os anos vários rostos novos sendo revelados pela indústria do cinema. Geralmente figuras desconhecidas do grande público ou então que mesmo com uma carreira razoável nunca haviam ganhado destaque em um grande papel, porém a partir disso decolam na trilha da fama. Seguindo nesse caminho lançamos a nossa primeira aposta de talento que com um pouco mais de espaço poderá cair nas graças dos cinéfilos e do grande público, a atriz Alice Englert, que é conhecida por seu papel de protagonista em Dezesseis Luas.


Alice Englert

[caption id="attachment_38897" align="alignleft" width="150"]Alice Englert Alice Englert[/caption]

Com seus (só) dezenove anos, a neozelandesa Alice Englert, que também ataca de modelo, começou a ser notada pela galera de cinema após a sua brilhante participação em Ginger & Rosa (2012) ao lado da revelação e irmã da Dakota Fanning, Elle Fanning onde elas vivem duas melhores amigas, que moram na Londres de 1960, sonhando em ter uma vida melhor do que a dos pais. Mas quando começa a Guerra Fria, o relacionamento entre as duas sofre grandes mudanças, tudo isso sob a direção de Sally Potter.


Leia: Crítica de Ginger & Rosa




[caption id="attachment_38899" align="aligncenter" width="620"]Englert e Fanning em Ginger & Rosa Englert e Fanning em Ginger & Rosa[/caption]

Trailer Ginger & Rosa



Como em muitos casos o lado artístico provavelmente vem de berço já Alice que tem como pai o diretor Colin Englert e sua mãe também diretora e roteirista, Jane Campion, neozelandesa que já ganhou um Oscar de melhor Roteiro Original, um César de melhor filme estrangeiro e uma Palma de Ouro, todos eles pelo filme O Piano (1993), daí já vemos que talento e influencia é o que não falta.




[caption id="attachment_38907" align="alignright" width="278"]Englert em Dezesseis Luas Englert em Dezesseis Luas[/caption]

Além de Ginger e Rosa, recentemente Englert foi a protagonista Lena em Dezesseis Luas (2013), fazendo um trabalho possivelmente bem melhor do que outra atriz que trabalhou em uma franquia com o gênero parecido (bom, vocês sabem quem é), apesar do filme também não ser bom. Ela também está no filme In Fear, que não deve estrear por aqui, um suspense/terror que dá evidências da versatilidade de Alice Englert como atriz. Tudo isso são pontos de crédito para a jovem, que agora merecia um trabalho com tanta força como a Rosa, mas que firmasse de vez a sua carreira como boa atriz que ela tem apresentado ser em um filme de grande alcance de público.


Assista: Trailer de In Fear

Trailer de Dezesseis Luas

Agora só o tempo dirá se Alice Englert vai virar quem sabe, uma queridinha hollywoodiana ou se a aposta terminará em pizza e ninguém vai lembrar-se dela.

Você aposta nessa?

[divider ="0"]
Patreon de O Vértice