A evolução do design de posters e do marketing da Fox para X-Men

Não faz tanto tempo assim e estava sendo lançado nos cinemas X-Men – Primeira Classe, que na minha opinião é o melhor filme dos X-Men já lançado, embora a Fox estivesse em um espiral decrescente enorme na época. Para piorar a situação da Fox, tudo o que ela lançava de X-Men – Primeira Classe era péssimo. O primeiro trailer do filme foi bem problemático, não o primeiro oficial, que até tinha um tom legal e uma música bacana, mas o primeiro que vazou de algum evento. Tudo, na verdade, que a Fox lançava sobre Primeira Classe era de um nível abaixo do amador, especialmente os posters.


Que a Fox estava passando por problemas na época nós sabemos, a empresa era criticada por tudo que fazia, especialmente por fazer e ter direitos sobre filmes de personagens da Marvel e fazer filmes ruins como X-Men 3, enquanto a Marvel preparava terreno para coisas espetaculares como Os Vingadores.


Mas talvez por não se importar muito com esses problemas, ou por ter decidido poupar orçamento pedindo que um “sobrinho” fizesse o importante trabalho de criar um pôster, o marketing da Fox para X-Men não era dos melhores, os posters de X-Men – Primeira Classe foram os piores posters que eu vi nos últimos anos, não que os posters dos 3 X-Men antes desse fossem a primazia da arte de fazer posters, como vocês podem ver abaixo:


[gallery link="file" ids="38550,38551,38552"]

O pôster de X-Men 1 é preguiçoso, porém, cumpre seu papel, que era surpreender o público com o visual dos mutantes, pensem que era o primeiro filme de Superherois feito com esse nível de efeitos especiais e qualidade cinematográfica. O pôster de X-Men 2, que apesar de ser um bom filme, é um pôster igualmente preguiçoso e que mostra a péssima escolha de Bryan Singer de focar especialmente em Wolverine e Hale Berry, digo, em Tempestade. Já o pôster de X-Men 3 tem trocentas pessoas nele, heróis e vilões, e todas elas estão mal recortadas.


Mas o auge de decadência aconteceu mesmo com X-Men – Primeira Classe, como eu já disse, onde todos os posters lançados eram mal feitos e mal pensados, especialmente os dois em que mostram silhuetas e cabeças flutuantes. Se você olhar, todos os posters abaixo tem um problema gritante, sejam as já mencionadas cabeças flutuantes em lugares mal escolhidos, seja as cabeças desproporcionais ao corpo de alguns personagens em outros posters, ou seja posters que não fazem sentido nenhum com o filme.


Confira você mesmo:


[gallery link="file" ids="38566,38567,38568,38569,38570,38571"]

Agora, eu posso afirmar por enquanto que isso mudou, o trabalho que a Fox está fazendo com X-Men – Dias de um futuro Esquecido é incrível, tanto no Marketing, quanto no design desse Marketing. Na Comic-Con 2013 as pessoas aplaudiram de pé o primeiro trailer do filme e o elenco fenomenal reunido para esse longa, e já que todos nós sempre reclamamos tanto dos posters dos filmes de X-Men, a Fox também entregou duas artes sensacionais como posters, que não só são simples e bonitas, mas se encaixam com o filme perfeitamente. Para complementar um fã ainda fez um pôster a mais seguindo essa linha com o Wolverine, que também se encaixou perfeitamente com a ideia.


Vejam os três pôsters abaixo:


x-men-days-of-future-past-charles-xavier X-Men-Days-of-future-past-magneto


x-men-days-of-future-past-charles-wolverine


Bem, se isso é sinal de uma evolução ou não do carinho e cuidado com que a Fox trata suas propriedades intelectuais eu não posso afirmar, mas tudo indica que sim e nesse ponto a Marvel ensinou uma lição valiosa a todos os estúdios, que você só precisa fazer algo bem feito para vender, seja com filmes de heróis ou outro blockbuster qualquer. A Fox parece que aprendeu, em maio do ano que vem com a estreia do filme nós vamos descobrir se ela aprendeu mesmo ou só parece.

Patreon de O Vértice