Sundance 2013 | Saiba tudo o que rolou em um dos mais importantes festivais de cinema do mundo

O festival de Sundance 2013 movimentou as cidades de Salt Lake City e Park City sendo um dos mais importantes Festivais de Cinemas do mundo, além da importância natural vale a menção de que ele é o primeiro grande Festival do ano e ele aconteceu entre os dias 17 de Janeiro e 27 de Janeiro. Para você que não pode ir está aqui um resumo contando as coisas mais importantes do Festival.


E para começar as premiações do Juri, que julgaram alguns filmes de Ficção e Documentários que estavam enquadrados na mostra competitiva, o grande vencedor do ano foi o drama Fruitvale, baseado em um caso real, confira o restante dos premiados.


[heading style="1"]Prêmios[/heading]


EUA - Ficção


Grande prêmio do júri - Fruitvale, de Ryan Coogler
Prêmio do público - Fruitvale
Melhor direção - Afternoon Delight, de Jill Soloway
Melhor roteiro - In a World..., de Lake Bell
Melhor fotografia - Bradford Young, por Ain't Them Bodies Saints e Mother of George
Prêmio especial do júri pela atuação: Miles Teller e Shailene Woodley em The Spectacular Now, de James Ponsoldt
Prêmio especial do júri pelo design de som: Upstream Color, de Shane Carruth


Cinema mundial - ficção


Grande prêmio do júri - Jiseul, de Muel O
Prêmio do público - Metro Manila, de Sean Ellis
Melhor direção - Crystal Fairy, de Sebastián Silva
Melhor roteiro - Wajma (An Afghan Love Story), de Barmak Akram
Melhor fotografia - Lasting, de Jacek Borcuch
Prêmio especial do júri - Circles, de Srdan Golubovic


EUA - documentário


Grande prêmio do júri - Blood Brother, de Steve Hoover
Prêmio do público - Blood Brother, de Steve Hoover
Melhor direção - Cutie and the Boxer U.S.A., de Zachary Heinzerling
Melhor montagem - Gideon's Army, de Dawn Porter
Melhor fotografia - Dirty Wars, de Richard Rowley
Prêmio especial do júri - Inequality for All, de Jacob Kornbluth, e American Promise, de Joe Brewster e Michèle Stephenson


Cinema mundial - documentário


Grande prêmio do júri - A River Changes Course, de Kalyanee Mam
Prêmio do público - The Square (Al Midan), de Jehane Noujaim
Melhor direção - The Machine Which Makes Everything Disappear, de Tinatin Gurchiani
Melhor montagem - The Summit, de Nick Ryan
Melhor fotografia - Who is Dayani Cristal?, de Marc Silver
Prêmio especial do júri pelo espírito punk - Pussy Riot - A Punk Prayer, de Mike Lerner e Maxim Pozdorovkin




[caption id="attachment_26762" align="aligncenter" width="620"] Cena de Fruitvale, vencedor do principal prêmio do Juri![/caption]

[heading style="1"]OS MAIS AGUARDADOS[/heading]


Fora da mostra competitiva tivemos vários filmes que são bem aguardados pelo publico que se liga mais em cinema de arte, dentre eles vários tiveram ótimas críticas, pensando nisso temos aqui um mini Top Pop com os 5 filmes mais elogiados pela crítica e com o maior apelo, mas que não concorreram na mostra competitiva.


5 – Upstream Color


O mais novo filme de Shane Carruth, inexorável como sempre boa parte dos críticos amaram o filme e boa parte foi corajosa o suficiente para dizer que não entenderam nada, ainda assim pela complexidade do roteiro em si já vale a pena esperar por ele.


4 – Kill your Darlings


Filme com Daniel Radcliffe interpretando o Poeta Allen Gisnberg mostrando parte do inicio da Literatura Beatnik, que parece estar em alta nos cinemas. O filme foi moderadamente elogiado, mas uma coisa ficou sem duvidas, Radcliffe tem futuro na carreira pós-Harry Potter já que basicamente todos acharam sua interpretação maravilhosa.


3 – Don Jon’s Addiction


Filme de estreia de Joseph Gordon Levitt na direção, além de dirigir o ator é o protagonista do drama sobre um jovem que é viciado em sexo e tem a ajuda de Scarlett Johansson para mudar seu vicio. Apesar de Scarlett Johansson ajudando alguém a deixar um vicio por sexo ser a mais absurda das premissas (se é que você me entende) o filme parece ser muito bom e ganhou ótimas críticas.


Confira abaixo um Q&A com o próprio Gordon Levitt



2 – Segredos de Sangue


Primeiro filme Hollywoodiano do diretor Sul-Coreano Chan-Wook Park, o diretor que foi responsável pelo sucesso de Oldboy, que vai ganhar um remake esse ano, dirigiu Nicole Kidman, Mia Wasikowska e Mattthew Goode em algo que a crítica chamou de um “Épico sobre beleza e violência” Não da para discordar que ao menos o filme parece absurdamente lindo.


Segredos de Sangue era um dos meus mais aguardados do ano, depois das críticas absurdamente positivas que dizem até que o filme é melhor que Oldboy, estou ainda mais ansioso.


Leia mais sobre Segredos de Sangue!


1 – Antes da Meia Noite


Último filme da linda trilogia romântica de Richard Linklater, escrito pela dupla de protagonistas e mais o diretor, Antes da Meia Noite traz agora um capitulo mais seco na vida de Jesse e Celine, dessa vez a trama se passa na Grécia.


Não li muito sobre o filme para não estragar a experiência, mas a “Trilogia do Antes” é uma das maiores experiências que o cinema atual pode te proporcionar e os críticos disseram que o filme não decepciona, embora variem entre dizer que esse é o menos bom dos 3 filmes ou o melhor dos 3 filmes.




[caption id="attachment_26764" align="aligncenter" width="620"] Cena de Antes da Meia Noite[/caption]

[heading style="1"]O Fracasso de JOBS[/heading]




[caption id="attachment_26766" align="alignleft" width="197"] Ashton Kutcher como Steve Jobs[/caption]

Muita gente em nossa área esperava ansiosamente a estreia de Jobs, filme com Ashton Kutcher como o mega empresário Steve Jobs, contudo as reações ao filme não podiam ser mais negativas do que foram.


O filme dirigido por Joshua Michael Stern angariou enormes criticas negativas de basicamente todos os sites especializados em cinema, e até mesmo Steve Wozniak (ex-sócio e fundador da Apple) disse ter ficado com vergonha do que viu.


O Telegraph deu uma estrela para o filme e disse que “O roteiro é uma bagunça. E o filme desmorona completamente pela desastrosa decisão de escalar Ashton Kutcher para o papel principal.”


Outras críticas são semelhantes e até mesmo as mais positivas criticam elenco e direção.


Vamos esperar o próximo filme sobre Steve Jobs então.


Veja abaixo uma cena do filme:



[heading style="1"]OUTROS DESTAQUES[/heading]


Além dos 5 filmes mais aguardados do Festival de Sundance, outros filmes chamaram a atenção, dentre eles The Way, Way Back, comedia de Nat Faxon e Jim Rash com Annasophia Robb, Steve Carell e Sam Rockwell.


Outro que chegou arrebentando foi The East, um filme de Zal Batmanglij sobre Ecoterrorismo com Ellen Page como protagonista. O filme ganhou ótimas críticas com algumas até comparando o filme a Clube da Luta.


Lovelace, contando a história de Linda Lovelace e do filme pornô Garganta Profunda, o filme não agradou 100% dos críticos, mas foi quase unanime que vale a pena ser conferido.




[caption id="attachment_26768" align="aligncenter" width="620"] Na esquerda Miles Teller e Shailene Woodley em The Spetacular Now e na Direita Ellen Page em The East[/caption]

Breathe In, do mesmo diretor de Como Louco, filme com Jeff Bridgess de 2011. Aqui o filme é um romance entre Guy Pearce e felicity Jones.


Outro que roubou a cena foi The Spetacular Now, protagonizado por Shailene Woodley, a nova Mary Jane Watson de O espetacular Homem Aranha 2 e Miles Teller de Footloose. O filme de James Ponsoldt, diretor de Smashed, traz um doce romance adolescente com um ótimo elenco composto por Mary Elizabeth Winstead, Kyle Chandler e Jennifer Jason leigh.


Praticamente todos esses filmes já foram comprados para exibição em Circuito Aberto nos EUA e acredito que uma parte deles deve chegar aqui no Brasil.


[divider top="0"]


[quote]"Sundance é mais que um festival ou mesmo uma instituição, é uma comunidade. Seja fazendo filmes ou assistindo-os, as pessoas aqui tem um amor profundo pelo cinema". – Joseph Gordon Levitt[/quote]


Essa foi a 35° edição do festival que foi fundado por Robert Redford em 1978, o festival esse ano teve 119 filmes, embora mais de 12 mil inscritos.

Patreon de O Vértice